1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Werder Bremen e Leverkusen vencem na Copa da Uefa

Zagueiros compensam ataque fraco do Werder Bremen e Naldo marca gol duvidoso contra Ajax. Bayer Leverkusen desperdiça vantagem de dois gols diante do Blackburn Rovers.

default

Mertesacker (d) é abraçado por Jensen e Naldo (c), após abrir o placar para o Werder

Depois de duas partidas fracas pela Bundesliga, o Werder Bremen não teve problemas para derrotar o Ajax de Amsterdã por 3 a 0 pela Copa da Uefa, na noite desta quarta-feira (14/02).

Jogando em casa, o Werder teve domínio completo do jogo. Na etapa inicial, os holandeses tentaram barrar com faltas duras os alemães, que foram impulsionados sobretudo pela boa atuação de Diego.

Logo aos 24min do primeiro tempo, Lindenbergh foi expulso, após receber dois cartões amarelos por entradas violentas, deixando o time holandês com um homem a menos.

O Werder, porém, só conseguiu converter a superioridade numérica em vantagem no placar do segundo tempo. Para isso, precisou da ajuda dos zagueiros, já que o ataque esteve apagado no jogo.

Mertesacker abriu o marcador aos 3min do segundo tempo. Seis minutos depois, o brasileiro Naldo ampliou de cabeça. Anita, do Ajax, ainda tentou impedir o gol do brasileiro, mas, na avaliação do árbitro, a bola já havia cruzado a linha do gol. Aos 26min da etapa complementar, o capitão Frings fechou o placar.

Diego e Almeida ainda desperdiçaram as chances para marcar pelo menos mais três gols. Mesmo assim, o técnico Thomas Schaaf acredita que o Werder "teria de fazer muita coisa errada para ainda ser eliminado" da Copa da Uefa no jogo de volta (21/02), em Amsterdã.

Leverkusen desperdiça vantagem folgada

UEFA Cup, Bayer Leverkusen gegen Blackburn Rovers

Bernd Schneider comemora gol de letra

Bem diferente é a situação do Bayer Leverkusen. Jogando sem os zagueiros brasileiros Juan e Roque Júnior (ambos com distensão muscular), a equipe já estava com um pé nas oitavas-de-final, mas cedeu um gol desnecessário no final da vitória de 3 a 2 sobre o Blackburn Rovers.

O zagueiro Callsen-Bracker (18min), o capitão Ramelow (43min) e o meia Schneider, com um gol de letra aos 11 minutos do segundo tempo, foram os autores dos gols do Leverkusen. Schneider, que também integra a seleção alemã, foi o destaque do 120º jogo do Leverkusen no torneio europeu.

Bentley (39min do primeiro tempo) e Nonda, a quatro minutos do apito final, marcaram para o time inglês. Tanto o gol de Bentley quanto o de Ramelow resultaram de bolas desviadas por adversários, sem chances para os respectivos goleiros.

"Foi uma partida emocionante. Apesar do gol sofrido no final, acredito que temos uma boa base para passar para a próxima fase. Mas um placar de 3 a 1 teria sido melhor", disse o técnico Michael Skibbe. O Leverkusen volta a enfrentar o Blackburn Rovers no próximo dia 22.

Leia mais