1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

VW vai investir 400 milhões de euros em Resende

O presidente da Divisão de Utilitários da Volks , Bernd Wiedemann, anunciou o investimento na fábrica de Resende. Ele visa fortalecer a expansão da marca no Brasil e as exportações de ônibus e caminhões.

default

O chanceler federal alemão Gerhard Schroeder, semana passada, na fábrica da VW em São Bernardo

Nos próximos cinco anos, a Volkswagen vai investir 400 milhões de euros (US$ 348,43 milhões) na sua fábrica de ônibus e caminhões, em Resende (RJ). A meta é fortalecer a posição da Divisão de Utilitários da VW no Brasil e as exportações principalmente para países da África, Ásia e Oriente Médio.

"Queremos aumentar as exportações de utilitários para 25% da produção brasileira," disse o presidente da divisão, Bernd Wiedemann, nesta quinta-feira, em Resende. A fábrica da montadora alemã com sede em Wolfsburg aumentou sua produção em 27,3%, totalizando 23.500 veículos.

Vendas duplicaram no Brasil - Nos dois últimos anos, a VW duplicou sua venda de caminhões e ônibus no Brasil, ampliando sua parcela de 21,8% para 26,9%. Assim, ocupa o segundo lugar no mercado brasileiro de utilitários, logo após a DaimlerChrysler.

O diretor-gerente da VW Trucks and Bus South America Operations, Roberto Cortez, conta com um acréscimo de 5% nas vendas este ano, o que deve ser superior à média do mercado. A fábrica de Resende faturou 670 milhões de euros (US$ 583,4 milhões) em 2001, 230 milhões (US$ 200,2 milhões) a mais do que no ano anterior e apresenta balanço positivo desde 2000.

Conquistar novos mercados - O principal objetivo nos próximos anos será a conquista de novos mercados fora do Brasil. "Nossos caminhões são ideais sobretudo para regiões que ainda não possuem boas estradas. Esse é o caso da maior parte da África, Ásia e do Oriente Médio", esclareceu Bernd Wiedemann.