1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futurando!

Você já viu um saola?

Ele vive entre Vietnã e Laos e é um dos animais mais raros no mundo. Poucos já viram essa espécie de bovino selvagem que talvez já esteja extinto.

A equipe do Futurando foi até o Vietnã para acompanhar um pesquisador americano com o sonho de conhecer esse mamífero. Extremamente arisco, o saola não é visto há anos na natureza e foi descoberto por cientistas apenas em 1992. Viaje com a gente nessa reportagem.

Veja também as fazendas com tecnologia de precisão. Em Brandemburgo, no leste da Alemanha, 500 vacas leiteiras possuem um transponder que envia dados para um software que controla as necessidades delas. E também a agricultura tem a ajuda de computadores e drones. Espera-se, com isso, uma maior produtividade. O mercado está dividido, pois algumas pessoas defendem que as novas tecnologias são melhores para o meio ambiente. Outras dizem que tudo isso é mais uma campanha da indústria agrária para se mostrar ecologicamente correta.

Nessa edição você também vai conhecer as novas técnicas usadas para proteger os pampas argentinos. Produtores estão aprendendo a ganhar mais dinheiro preservando a natureza. Segundo Mac Haynes, produtor rural da região, a questão financeira também deve ser levada em conta: "Essa conservação ambiental não pode interferir na produção, senão não é viável". Veja como ele conseguiu se manter competitivo no mercado de forma ecológica.

Brasileiro desenvolve app para ajudar taxistas. Um caso pessoal motivou o desenvolvedor Rodrigo Terra Rios a investir no aplicativo: "O tema segurança nos taxis entrou na minha família há alguns anos quando perdi um parente num assalto. Ele era taxista e foi assassinado. Desde então eu penso numa forma de resolver o problema". O taxista precisa apenas de um smartphone e o app faz o resto. Como ele funciona? Não deixe de ver na reportagem.

Fábricas do futuro terão máquinas mais inteligentes. Por meio de sensores nos uniformes de funcionários, robôs poderão reconhecer pessoas e evitar acidentes. Além disso, as máquinas poderão agir de forma mais autônoma. Por exemplo, caso algum fornecedor atrase a entrega, o sistema consegue prever as alterações que devem ocorrer no ciclo de produção. A intenção dos cientistas não é dispensar o ser humano. "Já tentaram isso há alguns anos e foi um grande fracasso. Queremos incorporar tecnologias que sirvam de apoio aos trabalhadores e evitem desperdícios", explica Marius Veigt, do Instituto de Logística de Bremen.

Saúde e tecnologia

O Futurando mostra como o computador ajuda no combate da dor nas costas. Muitos pacientes têm problemas de fraqueza muscular nessa região do corpo. Isso acaba desalinhando as articulações. Os músculos conectados à coluna ficam tensionados, causando dores. Esse é o início de um círculo vicioso, pois o paciente acaba adotando uma postura errada para aliviar a tensão e os músculos começam a atrofiar. Máquinas especiais e exercícios específicos garantem um tratamento rápido e eficiente.

A telemedicina auxilia no diagnóstico à distância e melhora a qualidade de vida de pacientes. O sistema funciona via satélite. Por meio de máquinas, os sinais vitais dos pacientes são verificados e enviados para hospitais, onde especialistas analisam e dizem o que deve ser feito. Essa tecnologia ajuda pessoas que moram em lugares de difícil acesso ou aquelas que preferem ser monitoradas de casa. Mas a telemedicina ainda não é indicada para todos os casos, como doenças nos órgãos internos. Elas não podem ser observadas com os equipamentos hoje disponíveis.

Assistir ao vídeo 00:30

Veja nesta edição

O programa

O Futurando traz novidades sobre ciência, meio ambiente e tecnologia e é produzido todas as semanas na redação brasileira da Deutsche Welle, em Bonn, na Alemanha.

O programa é exibido no Brasil pelo Futura, aos domingos, às 6h30, com reprise às segundas às 21h30 e sextas; pela Rede Minas, aos sábados, às 14h30, com reprise às sextas-feiras, às 12h30; pela TV Brasil, todos os domingos, às 16h30; e pela TV Câmara Tupã, todos os sábados, às 18h, com reprise às terças-feiras, às 19h40.

O Futurando é transmitido também em Moçambique pela Rede Tim, aos sábados, às 14h30.

Áudios e vídeos relacionados