Vitória sobre Gana ainda não convence a imprensa alemã | Fique informado sobre tudo o que acontece na Copa do Mundo | DW | 24.06.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Vitória sobre Gana ainda não convence a imprensa alemã

Sensação pela classificação às oitavas de final da Copa do Mundo é de alívio, mas os jornalistas ainda têm muitas críticas à seleção de Löw. Próximo teste é duro: um jogo eliminatório contra a arquirrival Inglaterra.

default

Jovem grupo de jogadores ainda não convenceu

Depois da vitória por 1 a 0 sobre Gana, que garantiu à seleção alemã o primeiro lugar no Grupo D e a vaga para as oitavas de final da Copa do Mundo, a sensação entre os torcedores é de alívio. A classificação estava ameaçada desde a derrota para a Sérvia, na segunda rodada.

As manchetes dos principais veículos da Alemanha mostram bem este sentimento. A revista Kicker escreveu com letras maiúsculas: "CONQUISTADO" – referindo-se ao objetivo principal. "Estremecido. Festejado. Özil salva o time de Löw", completou, exaltando o autor do gol da vitória.

"O herói da noite foi Mesut Özil, que marcou o gol de ouro. O goleiro Neuer manteve a seleção no páreo numa fase crítica", destacou a Kicker no texto.

WM Südafrika 2010 Ghana vs Deutschland

Gol de Özil garantiu a vitória

O jornal Sportbild também agradeceu ao meia do Werder Bremen pelo belo gol que garantiu a seleção da Alemanha. "Gol dos sonhos de Özil! Alemanha nas quartas de final", foi a manchete.

Um teste duro

O sentimento de alívio e o destaque a poucas figuras são indícios de que a seleção alemã deixou a desejar. Até mesmo Theo Zwanziger, presidente da Federação Alemã de Futebol (DFB, na sigla em alemão), admitiu que esperava mais.

"O time teve muitas dificuldades. Tive a sensação de que faltou um pouco de autoconfiança. Gana não era nenhum timaço. Atingimos nosso objetivo mínimo. Acho que agora haverá uma melhora no desempenho", avaliou o dirigente.

Deutschland gegen Bosnien-Herzegowina‎ 3. Juni 2010

O jovem goleiro Neuer mostrou maturidade

O jornal Frankfurter Allgemeine deu um voto de confiança à jovem seleção e destacou a vitória, acima de tudo num jogo perigoso. "Alemanha passa no teste de maturidade", foi a manchete. "A vitória na 'final' contra Gana mostra: a geração 2010 consegue obter resultados objetivos. Agora, estes jovens jogadores sabem o que é o medo – e o que se pode fazer contra ele", diz o texto.

Enquanto isto, o Sportbild fez uma análise bem mais pessimista. Depois dos 4 a 0 sobre a Austrália e da derrota por 1 a 0 para a Sérvia, segundo o jornal, a seleção não conseguiu convencer na partida final do grupo. Na defesa, foram abertas grandes brechas repetidamente, sobretudo Per Mertesacker passou "uma impressão de insegurança. Liderar o jogo também não tranquilizou o time, apesar do gol decisivo de Özil".

Clássico é clássico

Tanta preocupação por parte dos alemães tem motivo. O adversário de domingo (27/06), pelas oitavas de final, é a Inglaterra. A tradicional rival da Alemanha também figura entre os favoritos ao título e a dureza deste desafio foi destacada por todos os jornais.

Symbolbild Fußball WM 2010 Deutschland England Achtelfinale

Clássico nas oitavas de final: cedo demais

Até o ex-jogador e técnico Franz Beckenbauer, maior nome da história do futebol alemão, comentou sobre o assunto. Para ele, o adversário merece respeito, "mas medo com certeza não. Os dois primeiros jogos dos ingleses na Copa foram fracos, mas eles melhoraram na partida contra os eslovenos", disse o Kaiser.

Beckenbauer disse também que "é muito cedo" para um jogo deste porte – a Inglaterra ficou em segundo lugar no Grupo C, atrás dos EUA. "Um jogo desses tinha que ser uma semifinal, não uma oitava de final. Foram sempre os maiores e mais inesquecíveis jogos de nossa história. Com certeza será uma batalha futebolística muito interessante. Para nós, europeus, este é o jogo por excelência", avaliou.

A imprensa inglesa também antecipa o clássico. "Bring on the Germains", disse o The Sun, em sua manchete – algo como "que venham os alemães", mas com um trocadilho: 'alemão', em inglês, é 'german', e Jermain Defoe foi o autor do gol que classificou a Inglaterra para as oitavas de final.

Autor: Tadeu Meniconi

Revisão: Soraia Vilela

Leia mais