1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Violência ofusca eleições na Turquia

Confrontos deixam pelo menos oito pessoas mortas e 17 feridas durante votações regionais no país. Pleito é considerado teste para possível candidatura do premiê turco, Recep Tayyip Erdogan, à presidência.

Pelo menos oito pessoas foram mortas e 17 ficaram feridas neste domingo (30/03) em confrontos entre militantes de partidos rivais nas eleições municipais da Turquia. Os incidentes ocorreram nas províncias de Hatay e Sanliurfa, no sul do país. A votação é tida como um referendo sobre o governo do primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan.

As eleições locais para prefeituras são consideradas um teste para a popularidade de Erdogan, que pretende se candidatar à presidência em agosto, após mais de dez anos como chefe de governo. Desde a manhã deste domingo, os locais de votação de 81 províncias do país se encontram abertos para receber os mais de 52 milhões de eleitores.

Confrontos com vítimas fatais têm sido uma constante nas últimas eleições na Turquia. Nos lugarejos menores, muitas vezes grupos organizados por famílias rivais promovem conflitos armados. A polícia reforçou no domingo as medidas de segurança.

Kommunalwahlen Türkei

Premiê turco Erdogan: resultado das urnas pode decidir sobre candidatura à presidência

Estas eleições regionais ocorrem após uma campanha eleitoral especialmente feroz, incluindo acusações de corrupção e de abuso do poder contra o governo islâmico conservador de Erdogan.

O premiê tem sido criticado também no exterior por suas duras medidas contra seus inimigos, rivais dentro das forças políticas conservadoras e oposição. Recentemente, Erdogan determinou o bloqueio do serviço de mensagens curtas Twitter e da plataforma de vídeo do YouTube, para evitar publicações indesejadas.

MD/afp/lusa/dpa

Leia mais