1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Turismo

Vestígios de Schiller: sua cidade natal

Toda a Alemanha rememora os 200 anos de morte do poeta e dramaturgo Friedrich Schiller, em especial os lugares pelos quais ele passou e deixou vestígios. A começar por sua cidade natal, às margens do Rio Neckar.

default

Museu Nacional Schiller

Um cidade pequena, com pouco mais de 15 mil habitantes, casas de enxaimel ao longo de ruas estreitas, muros e torres altas: provavelmente ninguém se lembraria de Marbach, situada ao alto das margens do Rio Neckar, nas proximidades de Ludwigsburg, não fosse ela o berço de um filho ilustre.

Friedrich von Schiller

Friedrich Schiller

Foi ali que nasceu, a 10 de novembro de 1759, o poeta e dramaturgo Johann Christoph Friedrich Schiller, ao lado de Johann Wofgang von Goethe a figura central da literatura clássica alemã.

Primeiro o esquecimento

Falecido em 9 de maio de 1805, portanto com apenas 45 anos, Friedrich Schiller deixou uma ampla obra que conta até hoje entre os pontos altos da literatura em língua alemã. Seus vestígios encontram-se em várias cidades da Suábia, sua região natal, e no leste do país, onde atuou a partir de 1785 – sobretudo em Jena e Weimar –, época em que esteve ligado a Goethe.

Marbach o esqueceu inicialmente e só foi redescobri-lo na década de 1830, quando admiradores do literato chegaram à cidade em busca da casa onde ele nascera e quase desmontaram a porta de entrada para levá-la de lembrança.

Geburtshaus von Friedrich von Schiller in Marbach am Neckar

Ao centro, a casa em que o poeta nasceu

Fundou-se então, em 1835, a Associação Schiller, que reformou a casa situada na Niklastorstrasse 31 e a abriu ao público em 1859, ou seja, quando se comemorou o centenário de nascimento do poeta. Em 1965, a casa natal foi restaurada segundo planos antigos e, pelo menos a fachada, mostra-se hoje tal como o pequeno Friedrich a conheceu quando criança. A casa – além de móveis e documentos da época – abriga muitos objetos pessoais de Schiller: a roupa e a touca que ele usou ao ser batizado, um estojo de tabaco, um porta-moedas.

Eventos marcam os 200 anos de morte

Neste 2005, dedicado ao poeta por ocasião do segundo centenário de sua morte, Marbach tem um amplo programa de comemorações. Fazem parte, por exemplo, passeios que conduzem aos pontos da cidade em que se encontram seus vestígios. Tais como a prefeitura local, que começou a ser construída em 1759, ano em que ele nasceu. Ou o restaurante Zum Goldenen Löwen (Leão de Ouro), onde nasceu sua mãe, Elisabetha Dorothea, filha do dono do estabelecimento.

Marbach abriga ainda o Museu Nacional Schiller, fundado em 1903, que programou igualmente toda uma série de palestras, bem como uma exposição especial, ao longo do ano. Um site na internet fornece informações sobre todos os eventos do Ano Schiller.

Leia mais

Links externos