Verissimo tem vaga cativa na seleção brasileira de literatura | Fique informado sobre tudo o que acontece na Copa do Mundo | DW | 02.06.2006
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Verissimo tem vaga cativa na seleção brasileira de literatura

Em exclusiva à DW-WORLD, Luis Fernando Verissimo responde a 11 perguntas com a linguagem do futebol. Na seleção literária brasileira, Verissimo tem vaga garantida no ataque e dispara na artilharia com três gols de placa.

default

Luis Fernando Verissimo

DW-WORLD: O que o futebol lhe ensinou para a vida?

Luis Fernando Verissimo: Que se pode fazer gol até no último minuto.

Qual foi o seu pior gol contra?

Não ter diploma de nada.

Você costuma sofrer impedimentos?

No tempo da ditadura militar, muitos textos meus foram impedidos de sair.

É melhor jogar no ataque ou na defesa?

Os jogos sempre se decidem no meio-campo.

O que é insuportável no futebol?

A deslealdade.

Quem deveria ser campeão mundial?

O Brasil, sempre.

Quem não deveria ser, de jeito nenhum, campeão mundial?

A Argentina.

O que você acha do futebol feminino?

Nada contra.

Qual foi o seu gol de placa?

Foram três. Meus três filhos.

E a falta mais feia da sua vida?

Se fiz alguma, apaguei da memória.

Pra finalizar: você sempre joga limpo?

Sempre.

No dia 7 de junho, Luis Fernando Verissimo participará de uma sessão de leitura, em Frankfurt, na companhia de João Ubaldo Ribeiro. O evento acontece no âmbito da Copa da Cultura e apresentará 15 leituras, contando histórias em torno do tema "futebol" – de grandes paixões a pequenas tragédias, de juízes difamados e goleiros solitários a ídolos esquecidos e técnicos supersticiosos.

Leia mais

  • Data 02.06.2006
  • Autoria Mariana Ribeiro
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/8Z6M
  • Data 02.06.2006
  • Autoria Mariana Ribeiro
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/8Z6M