1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Venezuela assina linha de crédito de US$ 500 milhões com Irã

Durante visita a Caracas, ministro iraniano da Indústria assina seis acordos de investimento e cooperação bilateral com presidente Nicolás Maduro. Aproximação com Teerã segue política adotada por Hugo Chávez.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, assinou neste sábado (27/06) seis acordos de cooperação com o Irã, incluindo uma linha de crédito de 500 milhões de dólares em investimentos e desenvolvimento comercial. Os documentos foram assinados durante visita oficial do ministro iraniano de Indústria, Minas e Comércio, Mohammad Reza Nematzadeh, ao país.

Segundo Maduro, os acordos preveem programas de colaboração bilateral nas áreas de nanociência e nanotecnologia, investimentos em produção e comercialização de produtos de higiene e limpeza, em fábricas de automóveis e cooperação em material médico-cirúrgico.

"Nunca faltarão amigos no mundo que possam dar a mão à Venezuela e que ofereçam a mão solidária em momentos de guerra econômica. Esse acordo está relacionado à transferência de métodos, técnicas e políticas para enfrentar a guerra econômica", declarou o Maduro. Maduro atribui a suposta guerra a empresários especuladores, que estariam tentando prejudicar o governo promovendo o desabastecimento de bens de consumo.

O presidente venezuelano destacou ainda que, com os acordos assinados com o Irã, seu país vai avançar no desenvolvimento industrial, tecnológico, petrolífero e gasífero.

Maduro disse ainda que seu governo está dando continuidade à política de aproximação com Teerã iniciada por seu antecessor, Hugo Chávez. Durante os governos de Chávez e do ex-presidente iraniano Mahmud Ahmadinejad, os dois países fecharam vários acordos nas áreas automobilística, energética, construção civil e defesa.

"Damos continuidade a uma linha justa, necessária e pertinente que forma parte da nova geopolítica mundial que temos e compartilhamos com o Irã. Hoje, ninguém duvida que este país é uma das potências emergentes do mundo moderno", afirmou Maduro. "Hoje temos com o Irã relações baseadas em confiança mútua, em trabalho e em resultados concretos, de benefício mútuo."

Nematzadeh destacou que, além dos acordos assinados, a comitiva iraniana também teve encontros com representantes de ministérios venezuelanos e com o presidente do Banco Central, Nelson Merentes, que demonstrou "grande interesse em aumentar e aprofundar" as relações bilaterais.

MSB/dpa/efe

Leia mais