1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ciência e Saúde

Vírus que ataca pandas preocupa China

Apenas 2 mil membros da espécie restam no país asiático. Doença conhecida em animais domésticos ameaça ursos criados em cativeiro. Chance de sobrevivência de infectados é pequena.

Na China, o vírus da cinomose está atacando pandas. Em um centro de reprodução, dois animais já morreram da doença, um terceiro está doente e um quatro foi infectado, mas ainda não apresentou os sintomas. O número de animais infectados não é conhecido. A preocupação, no entanto, é grande, pois restam apenas 2 mil pandas no país.

O vírus da cinomose é parecido com o do sarampo. Ele ataca principalmente cachorros e, com frequência, leva à morte. Para animais domésticos, há uma vacina contra esse vírus. Mas ele também ataca espécies selvagens, como raposas, mustelídeos, focas e agora pandas.

A transmissão da doença ocorre através do contato direito com secreções do animal infectado, ou com água e alimento contaminados. O vírus não é transmitido para humanos. Seu período de incubação é cerca de três a seis dias. Depois de oito dias, o animal infectado passa a transmitir o vírus.

Chegou repentinamente

Os pandas têm apenas 20% de chances de sobreviver à cinomose quando os primeiros sintomas – febre, pneumonia e infecções no aparelho respiratório – aparecem. Se o sistema nervoso do urso foi atingido, as chances de sobrevivência caem para menos do que 5%.

Toter Seehund Deutschland

Em 2002, mais de 21 mil focas morreram de cinomose no Mar Báltico e do Norte

A cinomose apareceu desta vez repentinamente. Os primeiros sinais da presença do vírus foram insuspeitos e difíceis de reconhecer. "Talvez o vírus tenha se modificado ao longo dos anos", afirmou Jin Yipeng, professor da Universidade de Agricultura da China, ao jornal Huashangbao.

O centro de reprodução que foi atingido pela doença, localizado próximo a Xian, foi fechado. Nele, vivem aproximadamente 25 pandas.

Para evitar que mais animais sejam infectados, centros de reprodução em Xian, Chengdu e Chongqing estão recolhendo todos os gatos e cães de rua que entraram nas jaulas dos pandas e estão consertando os buracos em cercas e telhados.

Leia mais