1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Berlinale

Urso de Ouro em Berlim para filme húngaro "On body and soul"

Diretora húngara Ildikó Enyedi ganha o principal prêmio do Festival de Cinema de Berlim com sua tragicomédia romântica. Urso de Ouro de melhor curta-metragem vai para português Diogo Costa Amarante.

Assistir ao vídeo 03:08

Os vencedores da Berlinale 2017

A tragicomédia romântica húngara Teströl és lélekröl (On body and soul, no título em inglês), da diretora Ildikó Enyedi, ganhou neste sábado (18/02) o Urso de Ouro de melhor filme do Festival de Cinema de Berlim, a Berlinale. O brasileiro Joaquim, de Marcelo Gomes, era um dos 13 filmes que concorriam ao principal prêmio da 67ª edição do festival.

Filme brasileiro "Pendular" é premiado na Berlinale

Já o Urso de Prata de melhor diretor foi para o finlandês Aki Kaurismäki, por sua obra The other side of hope (O outro lado da esperança). O vencedor de melhor roteiro foi o chileno Sebastián Lelio, por Uma mulher fantástica, que conta a história de uma transgênero.

O júri presidido pelo diretor holandês Paul Verhoeven concedeu o Grande Prêmio do Júri ao senegalês Alain Gomis, pela sua história de uma destemida mulher africana em Félicité.

Berlinale | Abschluss und Verleihung der Bären

Kim Min-hee foi escolhida melhor atriz

Os Ursos de Prata de melhor interpretação foram para o ator alemão Georg Friedrich, por seu papel de um pai atribulado em busca de comunicação com um adolescente em Helle Nächte (Noites claras) e para a atriz coreana Kim Min-hee por sua atuação em On the Beach at Night Alone (Sozinha na praia à noite). Ela interpreta uma atriz que passa uma temporada longe do trabalho em Hamburgo.

O Urso de Ouro de melhor curta-metragem foi para a produção portuguesa Cidade pequena, de Diogo Costa Amarante. O filme conta a história de Frederico, de 6 anos, e sua mãe.

Um total de 18 filmes competia pelos Ursos do Festival de Berlim, que se manteve fiel à sua tradição de festival engajado e exibiu filmes com mensagens políticas e sociais, com eixos temáticos como o drama dos refugiados, como o de Kaurismäki, e a aposta pela diversidade sexual, como o de Lelio.

Georg Friedrich

Urso de Prata de melhor ator foi para Georg Friedrich

Esta é a lista de todos os premiados:

Urso de Ouro: On body and soul, de Ildikó Enyedi (Hungria).

Urso de Prata, Grande Prêmio do Júri: Félicité, de Alian Gomis (França-Senegal).

Urso de Prata de melhor diretor: The other side of hope, de Aki Kaurismäki (Finlândia).

Urso de Prata de melhor atriz: Kim Min-hee por On the beach at night alone, de Hong Sang-soo (Coreia do Sul).

Urso de Prata de melhor ator: Georg Friedrich por Helle Nächte, de Thomas Arslan (Alemanha).

Urso de Prata de melhor contribuição artística: Dana Bunescu pela montagem de Ana, mon amour, de Calin Peter Netzer (Romênia).

Urso de Prata de melhor roteiro: Sebastián Lelio e Gonzalo Maza por Uma mulher fantástica, de Sebastián Lelio (Chile).

Urso de Prata de melhor documentário: Ghost Hunting, de Raed Andoni (França/Palestina/Suíça).

Prêmio Alfred Bauer: Pokot, de Agnieszka Holland (Polônia).

Prêmio de melhor estreia: Verão 1993, de Carla Simón (Espanha).

Urso de Ouro de melhor curta-metragem: Cidade Pequena, de Diogo Costa Amarante (Portugal).

Urso de Prata de melhor curta-metragem: Ensueño en la pradera, de Esteban Arrangoiz (México).

AS/efe/dpa/dw

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados