1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Universidade do Texas permite porte de armas

Apesar da resistência de acadêmicos, funcionários, estudantes e do próprio reitor, medida é implementada numa das maiores instituições acadêmicas dos EUA, em obediência a lei estadual.

A Universidade do Texas, nos Estados Unidos, decidiu nesta quarta-feira (17/02) permitir que seus alunos portem armas de fogo nas salas de aula. A medida foi anunciada pelo reitor Gregory Fenves meses após os legisladores do estado – na maioria, pertencentes ao Partido Republicano – aprovarem uma lei banindo a proibição em universidades públicas.

"Não acredito que pistolas tenham lugar em um campus universitário; essa decisão foi o maior desafio da minha gestão até hoje", afirmou Fenves, que foi obrigado a acatar à lei por se tratar de uma universidade estadual. "Como reitor, sou obrigado a cumprir a lei", lamentou.

"Sinto empatia com os muitos acadêmicos, funcionários, estudantes e pais de alunos que assinaram petições, enviaram emails e cartas e se organizaram para banir as armas de fogo no campus, em especial, nas salas de aula."

Alguns acadêmicos ameaçaram se demitir ao invés de permitir que os alunos portem armas dentro das salas de aula, afirmando que a presença de armamentos traz insegurança a um ambiente que deve encorajar o debate. A medida deve entrar em vigor na universidade a partir de 1º de agosto deste ano.

O porte de armas é uma questão bastante sensível na instituição, que foi palco de um dos primeiros massacres ocorridos num campus universitário americano. Em 1966, um ex-fuzileiro naval matou 14 pessoas e deixou em torno de 30 feridos após abrir fogo numa plataforma de observação na torre do relógio da universidade.

Após uma série de ataques ocorridos recentemente em campi universitários, ativistas do direito ao porte de armas argumentaram que os estudantes não podem confiar apenas na proteção policial para se defender de atos aleatórios de violência, e deveriam estar aptos a carregar armas.

Na Universidade do Texas, o porte de armas ainda poderá ser proibido em eventos esportivos, em instalações médicas, nas cantinas, dormitórios estudantis e em alguns laboratórios. A nova legislação estadual permite que as universidades estabeleçam zonas livres de armas nos campi, contanto que não resulte numa proibição total.

A Universidade do Texas, em Austin, é uma das maiores instituições de ensino superior do país, com mais de 51 mil alunos e uma excelente reputação acadêmica. O sistema universitário do estado conta com mais de 214 mil estudantes.

Instituições de ensino privadas podem continuar banindo o porte de armas. Fenves disse que os reitores de todas as principais instituições acadêmicas particulares do Texas – incluindo as universidades Baylor, Southern Methodist e Rice – haviam exercido o direito de manter as proibições.

RC/ap/afp

Leia mais