União Europeia anuncia ajuda de 420 milhões de euros ao Haiti | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 18.01.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

União Europeia anuncia ajuda de 420 milhões de euros ao Haiti

Bloco também vai enviar policiais para garantir a segurança na distribuição da ajuda internacional que chega ao país. Governo haitiano contabiliza 70 mil vítimas enterradas em valas comuns.

default

Sobreviventes em Porto Príncipe, capital do Haiti

Num encontro excepcional em Bruxelas, a União Europeia (UE) anunciou nesta segunda-feira (18/01) que destinará mais de 420 milhões de euros de ajuda emergencial ao Haiti.

De imediato, 122 milhões serão usados nos trabalhos de ajuda humanitária às vítimas do terremoto. Outros 107 milhões serão destinados para a reconstrução a curto prazo do país, por exemplo de locais para abrigar os refugiados.

Os demais 200 milhões estarão disponíveis para a reconstrução a longo prazo. "Ficou claro que é necessária mais ajuda", declarou Catherine Ashton, alta representante para as Relações Exteriores da UE. "Não nos falta dinheiro", disse ela. "Nosso problema consiste em fazer a ajuda chegar ao país e distribuí-la."

A comissária também disse que a tragédia no Haiti voltará a ser debatida numa reunião de cúpula dos chefes de Estado e de governo da UE marcada para 11 de fevereiro.

O número de mortos no terremoto já chega a 70 mil, segundo números do governo haitiano. Mas integrantes do governo dizem que o total de vítimas fatais pode chegar a 200 mil. Entre os desaparecidos estão 16 alemães.

Flughafen in Haiti Port au Prince Mc Chord Air Base

Sobreviventes deixam o país em avião

Mantimentos e hospital

Cinco hospitais foram montados no Haiti com fundos da UE. Da Alemanha partiu nesta segunda-feira rumo ao país caribenho um avião com comida para bebês, colchonetes, barracas, tambores e água. Outras organizações, como a Ação Agrária Alemã e a Ação de Ajuda da Alemanha, auxiliam na distribuição dos mantimentos que chegam.

A Cruz Vermelha alemã deve montar na região mais afetada um hospital móvel. A capacidade de atendimento será de 700 pacientes ambulatoriais por dia e de 120 leitos, com até 100 profissionais em serviço.

Haiti Erdbeben Frankreich Hilfe Flash-Galerie

Voluntários ajudam no atendimento às vítimas

Ajuda com segurança

A União Europeia também deve enviar de 140 a 150 policiais da Força Gendarmeria Europeia para ajudar a garantir a segurança no Haiti. "Há uma demanda urgente por mais segurança para que seja possível a distribuição da ajuda internacional", defendeu Miguel Ángel Moratinos, ministro de Relações Exteriores da Espanha.

Ainda nesta segunda-feira, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse ter recomendado o envio ao Haiti de uma força adicional de 1,5 mil policiais e 2 mil soldados das forças de paz. Atualmente, 7 mil soldados da ONU estão no país, além de 2.100 policiais.

NP/epd/dpa/afp/ap
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais