1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

União Européia multa Degussa em 118 milhões de euros

O Comissário da União Européia para a Concorrência, Mario Monti, multou nesta quarta-feira a empresa química alemã Degussa em 118 milhões de euros por formação de cartel

default

Mario Monti, Comissário de Concorrência da UE

Segundo o comissário, durante treze anos a Degussa manteve um cartel com duas de suas concorrentes, a européia Aventis e a japonesa Nippon Soda, a fim de vender mais caro o aminoácido Methionin. Este produto, um combinado de proteínas, é utilizado na fabricação de rações de suínos, caprinos e aves.

Segundo o Comissário Monti, o comportamento das três empresas atesta uma total falta de respeito com os clientes e consumidores de carne de frango e de porco.

Apesar de ter participado do cartel, a Aventis ficou isentada de multa por ter denunciado o cartel cooperado com a Comissão Européia nas investigações. A japonesa Nippon Soda teve também uma pequena de 9 milhões de euros.

Segundo os analistas, sem a colaboração dessas empresas seria praticamente impossível que a Comissão investigasse a dimensão do prejuízo causado pelo cartel, que durou até 1999.

Empresa químicas - Esta é a segunda maior multa aplicada pela Comissão de Concorrência da UE contra uma empresa química alemã. Em novembro do ano passado, a BASF foi multada em 300 milhões de euros por ter participado do cartel europeu da vitamina, que incluía entre outros a Hoffman-La Roche. O total de multas contra este cartel atingiu 855 milhões de euros.

Outras multas – Nos últimos anos, a Comissário de Concorrência da UE tem agido com rigor contra tentativas de cartel de empresas européias. Há algumas semanas, os bancos austríacos foram multados em 124 milhões de dólares por terem manipulado juros e taxas. Os bancos alemães receberam multa de 100 milhões de euros em dezembro, por terem combinados as taxas cobradas para trocar marcos em euros. Um cartel de fabricantes de papel foi multado em 313 milhões de euros. A montadora DaimlerChrysler recebeu multa de 71 milhões de euros.

O dinheiro das multas é debitado diretamente no orçamento da União Européia. Em 2001, o total de multas aplicadas pela Comissão de Concorrência atingiu 583 milhões de euros. (pc)