Uma visita ao Mosteiro Andechs sacia corpo e espírito | Conheça os destinos turísticos mais famosos da Alemanha | DW | 10.04.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Turismo

Uma visita ao Mosteiro Andechs sacia corpo e espírito

Situado sobre o Monte Santo, à margem do lago Ammersee, o Mosteiro Andechs é famoso por sua excelente cerveja e pela boa cozinha. Ele atrai visitantes do mundo inteiro interessados em saciar corpo e espírito.

default

O mosteiro e sua igreja destacam-se na paisagem idílica

Uma regra de São Bento encontra-se no fundamento da fama do Mosteiro Andechs. "Todos os hóspedes devem ser recebidos como Cristo", determinou o fundador da ordem dos beneditinos. O preceito sempre foi observado pelos monges do mosteiro fundado em 1455 na margem leste do lago Ammersee, na região de Starnberg a sudoeste de Munique.

Os forasteiros encontravam portas abertas ao chegar e eram recebidos com a cerveja que os próprios monges fabricavam. Mais de meio milênio atrás, os peregrinos é que se sentiam atraídos pelo mosteiro situado no alto do chamado "Monte Santo" de Andechs. Hoje ele é um centro de confraternização apreciado por turistas de todo o mundo interessados em cultura e nos prazeres da mesa.

Kessel in der Brauerei des Kloster Andechs

Produção de cerveja em Andechs tem tradição centenária

Cervejaria e restaurante abertos ao público

Os monges e seus colaboradores pautam seu trabalho ainda hoje pelo lema "nossa tradição é ser progressista; nosso progresso se deve a uma grande tradição" e cultivam, como já faziam na Idade Média, a boa cozinha e a boa bebida.

Na cervejaria e no restaurante do mosteiro, os hóspedes podem degustar pratos típicos da cozinha bávara e a cerveja clara ou escura fabricada segundo uma tradição centenária e receitas aperfeiçoadas ao longo dos séculos. Quando o tempo está bonito apreciam, sentados nos terraços, a bela paisagem da região contemplando os Alpes da Baviera.

O "Monte Santo" já era um local de culto desde a Antigüidade. A atual forma barroca do mosteiro fundado no século 15 remonta ao ano de 1755. O "refeitório" que deu origem ao atual restaurante é ainda mais antigo que o mosteiro, tendo sido registrado em documento pela primeira vez em 1438. Ele foi anexado ao mosteiro pelo conde Alberto 3º, em cuja regência se deu a fundação do convento.

As amplas dependências do Mosteiro Andechs são cenário de um variado programa cultural, valendo destaque para o Festival Orff, que se realiza anualmente em homenagem ao compostir de Carmina Burana.

Leia mais