1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Uma receita de fé e talento

Zé Roberto lança autobiografia na Alemanha. Livro narra infância pobre em São Paulo, a realização de sonhos, a rotina no Bayern de Munique, altos e baixos da carreira e o papel da fé na realização pessoal e profissional.

default

Livro lançado originalmente em alemão

A autobiografia de Zé Roberto foi lançada nesta sexta-feira (5), por enquanto apenas com título em alemão: Traumpass ins Leben (em português, seria "Jogada de craque para a vida"). A iniciativa foi do jornalista Stephan Volke, que já havia editado a autobiografia do também brasileiro Jorginho.

O livro sobre a vida do ex-jogador do Bayer Leverkusen também havia sido publicado pela editora Brendow-Verlag. Lançado há 10 anos na Alemanha e numa versão holandesa, vendeu 20 mil exemplares.

Zé Roberto, de 29 anos, narra altos e baixos de sua carreira, as aventuras do menino pobre de uma favela paulista, que jogava futebol descalço com uma bola de papel, as brincadeiras com seu irmão Aílton, que chamava de Kiko, histórias do futebol brasileiro, de como Dunga recebeu o apelido, de seu relacionamento com outros brasileiros na Bundesliga e as diferenças entre o futebol alemão e o brasileiro.

Com Jesus na Bundesliga ─ O meia esquerda da seleção canarinho admite que nunca tinha ouvido falar em Bayer Leverkusen quando Reiner Calmund negociou sua compra, em 1998. "Acompanhava um pouco o campeonato alemão e já tinha ouvido falar em Bayern de Munique e Borussia Dortmund". Revela, também, sua surpresa com a obesidade do empresário: "Pensei comigo: parece que ao menos se tem o suficiente para comer na Alemanha".

Na época, o conceituado jornal alemão Welt am Sonntag publicou sobre ele uma reportagem intitulada "Deus me mandou a Leverkusen". O jogador continua convencido de que sua vinda para o futebol europeu não foi obra do acaso. Com o passar do tempo, tornaram-se conhecidos e respeitados na Alemanha os gestos dos jogadores que, ao comemorarem um gol, exibiam a frase "Jesus te ama" na camiseta interior. Evangélico praticante, encontra-se regularmente com outros jogadores brasileiros na Alemanha e não perde oportunidade para lembrar sua devoção. Tanto que o subtítulo da autobiografia é Mit Gott auf der Aussenbahn (Com Deus na lateral).

Após amargar três anos seguidos, o vice-campeonato alemão com o Leverkusen conquistou, finalmente, o título da atual temporada, embora só fizesse um gol vestindo a camiseta do Bayern de Munique.

Dois sonhos por realizar ─ No último capítulo do livro, dedicado aos sonhos por realizar, Zé Roberto revela que ainda quer o título da Liga dos Campeões e que gostaria muito de meter um gol em Oliver Kahn ("Apesar da nossa amizade!") numa partida entre Brasil e Alemanha na próxima Copa.

Para escrever a autobiografia de José Roberto da Silva Júnior, Stephan Volke enviou 200 perguntas ao jogador, respondidas em cassete e traduzidas para o alemão. Além do livro, que tem 128 páginas e custará 12,90 euros, será lançada também uma versão em audiobook.

Leia mais

Links externos