1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Um sexto da população alemã vive só

Cerca de 13,5 milhões de pessoas vivem sozinhas. Cresce número de casais que vivem juntos com "papéis passados", mas diminui o de famílias com filhos pequenos.

default

Número de famílias com filhos pequenos é cada vez menor

Dos 81,5 milhões de habitantes da Alemanha, cerca de 13,5 vivem sós, ou seja, quase um sexto da população. Este é um dos resultados apontados pelo microcenso realizado pelo Departamento Federal de Estatística, como todos os anos, em abril.

O maior grupo populacional – 38,4 milhões – é constituído por casais com filhos. No país vivem 12,6 milhões de crianças menores. Porém o número de casais sem filhos vem aumentando, tendo crescido 7%, desde abril de 1996, para 11,2 milhões.

Enquanto a redução nos estados do oeste da Alemanha foi mínima, de dez anos para cá – apenas 2% –, nos estados da antiga Alemanha Oriental o recuo foi de 39%. A explicação está na mudança das circunstâncias de vida. Na Alemanha comunista, os casais costumavam se casar cedo e ter logo filhos para conseguirem mais facilmente um apartamento. As crianças tinham asseguradas desde cedo vagas em creches, escolas maternais e jardins-de-infância, possibilitando ao casal o exercício de uma profissão.

Uma constatação interessante é a importância atribuída pelos casais aos "papéis passados": 89% dos 18,9 milhões de casais são casados no cartório. A cota de pessoas que educam filhos sozinhas corresponde a 7% da população. E o número de casais compostos de pessoas do mesmo sexo foi cifrado com 50 mil.

O microcenso, no qual são entrevistadas cerca de 820 mil pessoas (cerca de 1% da população), é o maior levantamento anual de dados feito em lares europeus.