1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Um gole sexy

Desde 1516, a cerveja dos alemães é feita apenas de lúpula, cevada e água. Mas quase 500 anos depois, cada vez mais cervejeiros caem na tentação de novos ingredientes.

default

Ingrediente brasileiro em nova cerveja alemã

Não interessa se a cerveja desce redonda ou quadrada pelas nossas gargantas. O importante é que, afinal, chegue aos nossos corpos desanimados, que, há muito tempo, se esqueceram do desejo e da paixão. Bebam essa cerveja milagrosa, porque com cada gole gelado o nosso sangue já resfriado esquenta e nos faz relembrar como foi bom. Bebam e peçam aos criadores para revelar a receita dessa bebida mágica!

Não engorda, mas erotiza

"Jamais!", diz Katharina Doumler, da agência Kite Promotion. "A mistura é nosso segredo." O que ela cuida como se fosse a luz dos seus olhos é a receita da cerveja Double F. Uma cerveja com fator duplo: promete não atrapalhar nosso regime há muito tempo planejado, pelo fato de ter menos calorias e, ainda melhor, nos erotiza. Porque, além dos ingredientes comuns, contém a velha catuaba.

Dr. Schöber, der Erfinder des brasilianischen Biers Double F

Dr. Jürgen Schöber, o inventor da cerveja afrodisíaca

Durante dez anos, o cientista Jürgen Schöber procurou a fórmula de uma cerveja que não engorde, mas, ao mesmo tempo, não poupe no teor alcoólico. Nos porões da Universidade Técnica de Berlim, ele fez uma série de experimentos, até que encontrou o sabor autêntico. Quando provou a cerveja pela primeira vez, lembrou-se da chamada dry beer (cerveja seca), que já conhecia do Japão e dos Estados Unidos. No entanto, sua cerveja obedece à chamada Reinheitsgebot — a lei válida na Alemanha desde 1516 e que proíbe outros ingredientes nas cervejas, além de lúpulo, cevada e água.

Milhões de brasileiros devem saber

"Queríamos lançar uma cerveja saudável", diz Doumler, da Kite Promotion, que promove a nova cerveja. Foi quando Frank Fitzke, o chefe da distribuidora Double F, se lembrou da catuaba. Há muito tempo, ele conhece o Brasil e se apaixonou pelo país. "A catuaba pareceu-lhe ideal: é uma planta tradicional, há muito tempo apreciada pelos índios tupis, sendo a mais famosa de todas as plantas afrodisíacas brasileiras", explica Doumler a escolha feita.

Doumler não deixa dúvida de que acredita na força de catuaba: "Milhões de brasileiros não podem estar errados. Também existem muitos especialistas que confirmam que a catuaba é um excelente fortificante do sistema nervoso, aumentando a libido do homem." Segundo ela, há explicação compreensível: a casca da catuaba contém muitas vitaminas e minerais, como potássio e cálcio. Elas fortalecem nosso sistema nervoso por estimular a circulação sangüínea. Por isto é certo que catuaba fará bem à nossa saúde, é bem possível que a Double F nos anime, mas não é para ter esperanças exageradas: provavelmente vamos conseguir nos conter.

Se a casca vermelha é acrescentada à cerveja na forma de pó ou em pedaços, antes do processo de fermentação ou depois, apenas a distribuidora Double F e a cervejaria contratada, a Landsberg, da Saxônia-Anhalt, conhecem o segredo já patenteado.

Saúde!

Cervejas com efeitos colaterais: parece que existem mais mestres cervejeiros se entregando ao seu encanto. Além de Double F, que promete "mera" atividade sexual, Helmut Fritsche, da cervejaria de Neuzelle, de Brandemburgo, oferece uma cerveja antienvelhecimento (anti-aging beer).

Com a alga espirulina como fonte extra de minerais, água salina para a tensão arterial ideal, vitaminas e proteínas flavonóides contra arteriosclerose, a cerveja transforma-se em uma verdadeira fonte de juventude eterna — se é que podemos confiar nas promessas de Fritsche. "Junto com os 4,8% de álcool, a mistura harmoniza corpo, mente e alma", garante.

Mas de que serve a juventude eterna ou a estimulação sexual, se ao tomar uma cervejinha fica um gosto salgado ou até de algas nas nossas bocas? "Isto não vai acontecer", garante Doumler. "Na Double F não se sente nada da catuaba." Nem a cor original da cerveja muda com o novo ingrediente vermelho. Se for assim — uma dessas garrafinhas não pode fazer mal. E quem sabe o que pode acontecer? Aos copos, companheiros!

Leia mais

Links externos