1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Um em cada oito refugiados desaparece na Alemanha

Cerca de 130 mil registrados como refugiados em 2015 não se apresentaram aos abrigos para onde foram designados. Governo supõe que eles foram para outro país europeu ou entraram na ilegalidade.

Em torno de 13% dos requerentes de asilo registrados na Alemanha em 2015 – ou 130 mil pessoas – jamais se apresentaram aos centros de acolhimento para os quais foram designados, informou nesta sexta-feira (26/02) o jornal alemão Süddeutsche Zeitung, citando informações do Ministério alemão do Interior.

Como possíveis explicações, o ministério diz que muitos refugiados já tinham a intenção de seguir viagem para outros países europeus e que outros provavelmente entraram na ilegalidade.

Além disso, o chefe do Departamento Federal de Migração e Refugiados (Bamf, na sigla em alemão), Frank-Jürgen Weise, afirmou nesta quinta-feira, em Berlim, que existem cerca de 400 mil pessoas no país cuja identidade é desconhecida das autoridades.

Segundo o Ministério, a Alemanha está também tendo menos êxito na devolução de refugiados aos países que, pelas regras da União Europeia (UE), são responsáveis por eles. Segundo regulamentação da UE conhecida como a Diretriz de Dublin, o Estado responsável pelos requerentes de asilo é aquele no qual eles primeiramente chegaram.

RC/rtr/dpa/afp

Leia mais