1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Um caldo que deu volta ao mundo

Carl H. Knorr começou com uma loja de especiarias, da qual resultou uma grande fábrica de sopas instantâneas, molhos e temperos. Hoje, a Knorr é uma das principais marcas da Bestfoods, que a Unilever incorporou em 2000.

default

Misturas da Knorr para molhos

Como várias marcas alemãs de sucesso, a Knorr também tem uma história de mais de um século. Seu fundador foi Carl Heinrich Knorr, um dos pioneiros do setor da alimentação. Se o caldo de carne concentrado é uma invenção de Julius Liebig e teve sua fabricação iniciada em 1857, o nome Knorr ficou ligado principalmente ao caldo de galinha. Os do concorrente Maggi surgiram pouco depois, na Suíça.

Quando Carl Heinrich Knorr abriu seu primeiro armazém de especiarias em 1838, em sua cidade natal, Heilbronn, no sul da Alemanha, ninguém imaginaria que 150 anos depois seus produtos estariam nas pratelerias de supermercados em todo o mundo. Em 1900, a Knorr já havia lançado sopas em 40 diferentes sabores.

Depois da fome, a industrialização

Depois que a fome dizimou milhões na Europa, na primeira metade do século 19, a grande preocupação era de que a produção de alimentos não acompanhasse o crescimento da população, como pregavam as teorias de Malthus. Tendo estudado comércio, demografia e técnicas de produção agrícola, Knorr dedicou-se à nutrição, fazendo suas primeiras experiências.

A concentração da população nas cidades, o avanço tecnológico e a industrialização abriam novas perspectivas à produção de alimentos em grande escala. O decisivo foi a técnica de desidratação de legumes, pois até então as técnicas de conservação de alimentos conhecidas eram a secagem, o salgamento e a defumação.

Uma sopa de ervilha, para começar

Em 1885, a firma Knorr Heilbronn montava sua primeira "empacotadora" na Suíça. Sua primeira sopa pronta foi patenteada em 1889. A chamada Erbswurst era uma sopa de ervilhas preparada para servir e empacotada em plástico, na forma de um salame grosso. Em 1907, a firma já fabricava suas primeiras sopas em Thayngen, cidade suíça na fronteira com a Alemanha. A empresa tinha então 800 funcionários.

Em 1912, lançou seu primeiro caldo de carne em cubinho. Em 1922, a empresa empacotadora torna-se independente, transformando-se em sociedade anônima. A crescente mobilidade no século 20 e o trabalho feminino exigiam soluções práticas na alimentação, o que contribuiu para o sucesso da linha de produtos instantâneos da Knorr. Eles vão desde caldos e temperos, passando por bases culinárias como as misturas para refogar ou adicionar a um prato, as tradicionais sopas instantâneas, molhos de tomate e pratos prontos.

A expansão e a diversificação também começaram cedo: em 1911, Knorr era proprietário da maior fábrica de macarrão fora da Itália. Após a Segunda Guerra Mundial, os produtos foram adaptados aos novos costumes alimentícios, dando-se maior ênfase à qualidade. No final dos anos 50, a Knorr fusionou com a Maizena, passando a integrar a Corn Products Company (CPC). Em 1962, a empresa fundou um instituto de pesquisa e desenvolvimento em Heilbronn, e em 1967 um centro culinário para testar novas receitas.

A Knorr no Brasil

No Brasil, os primeiros caldos e sopas foram lançados em 1961, sendo fabricados inicialmente no Cambuci, em São Paulo. Em 1993, a Knorr incorporou a Cica. Empresa genuinamente brasileira, fundada em Jundiaí (SP) em 1941, a Cica é uma das maiores produtoras de alimentos do país. Um de seus mais antigos produtos é o extrato de tomate Elefante, que continua liderando o mercado brasileiro nesse segmento. Hoje, a Cica possui fábricas em Rio Verde (GO), Patos de Minas (MG) e Valinhos (SP).

Graças a essa união, que resultou na KnorrCica, os produtos foram plenamente adaptados ao gosto e estilo de vida dos brasileiros. Quem entra no site brasileiro da Knorr encontra receitas bem brasileiras, como "cubinhos para dar sabor ao feijão" e temperos para refogar, que parecem feitos para a dona-de-casa brasileira.

Integração à Unilever

Knorr - Firmenlogo

Logotipo da Knorr

Na Alemanha, a linha de produtos é diferente, a começar por sopas como creme de aspargos e o tradicional cozido alemão de lentilhas, continuando por temperos de saladas, molhos de cogumelos para acompanhar carnes e misturas para legumes gratinados ao forno. Num dos últimos pratos pontos, da linha Spaghetteria, no pacotinho já vem o macarrão, com molho de tomate e carne moída, bastando acrescentar água e coser por alguns minutos. Esse tipo de produto foi introduzido em 1994.

Em 1998, a CPC reagrupou suas indústrias e a Knorr passou a ser o carro-chefe da Bestfoods. Esta, por sua vez, foi incorporada pelo grupo britânico-holandês Unilever no ano 2000. Com suas divisões de alimentos, produtos de higiene pessoal, perfumes, cosméticos, bem como sabões e material de limpeza, a Unilever é uma das maiores indústrias do mundo.

Com sede em Londres e Rotterdã, o grupo tem subsidiárias e firmas em 88 países e um total de 245 mil funcionários. Na Alemanha, a Unilever Bestfoods Deutschland emprega 13 mil pessoas e tem sua sede em Hamburgo. Embora Knorr tenha desaparecido do nome da empresa, como marca ela é um grande sucesso. 80% dos alemães compram pelo menos um produto da marca por ano.

Leia mais