1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

UE vincula sanções contra Rússia a acordo de paz na Ucrânia

Conselho Europeu manterá sanções econômicas contra Moscou até que cessar-fogo entre governo ucraniano e separatistas pró-Rússia seja totalmente implementado. Decisão reforça o apoio a Kiev e a pressão sobre o Kremlin.

A União Europeia vai manter as sanções econômicas contra a Rússia até que o acordo de cessar-fogo assinado em Minsk seja totalmente implementado, anunciou o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, nesta quinta-feira (19/03).

Durante reunião em Bruxelas, líderes europeus não chegaram a um consenso sobre uma eventual extensão formal das atuais sanções, que devem ficar em vigor até julho.

Na prática, porém, por estarem vinculadas ao acordo acertado em fevereiro em Minsk, as sanções vão acabar valendo até o fim do ano. Isso porque o documento assinado na capital de Belarus estabelece uma série de ações que deverão ser cumpridas nos próximos meses.

Segundo Tusk, a decisão mostra o posicionamento dos 28 Estados-membros sobre o envolvimento da Rússia nos conflitos entre as tropas de Kiev e os rebeldes separatistas pró-russos no leste ucraniano. E também mostra apoio dos países europeus ao governo da Ucrânia, que tem pedido constantemente que a UE mantenha a pressão sobre Moscou.

MSB/dpa/ap

Leia mais