1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

UE tenta estimular processo de paz no Oriente Médio

Delegação da União Européia começou nova iniciativa diplomática para aproximar israelenses e palestinos.

default

Romano Prodi, presidente da Comissão Européia

Os representantes do primeiro escalão da União Européia (UE) iniciaram no Egito sua peregrinação pelo Oriente Médio para desemperrar o processo de paz entre Israel e palestinos. A delegação de peso é composta pelo encarregado para assuntos de política exterior e segurança, Javier Solana, o presidente da Comissão Européia, Romano Prodi, e o primeiro-ministro belga, Guy Verhofstadt, atualmente na presidência semestral da comunidade de países.

Verhofstadt destacou que a paz não tem chances de subsistir a longo prazo se não for instaurado um Estado Palestino e Israel não receber amplas garantias de segurança. No primeiro dia de conversas, este sábado, estiveram reunidos no Cairo com o presidente do Egito, Hosni Mubarack, o primeiro-ministro, Atif Obeid, e o ministro do Exterior, Ahmed Maher.

Após o encontro, os europeus destacaram que o Egito também defende a necessidade de israelenses e palestinos colocarem em prática o Plano Mitchell, embora Mubarack não tenha se pronunciado. Devido aos prejuízos sofridos pelo Egito na área de turismo depois dos atentados de setembro nos Estados Unidos, a União Européia assegurou apoio financeiro ao Cairo. Prodi destacou que o Egito deixe de arrecadar até 2,5 bilhões de dólares.

Do Cairo, a delegação européia viajou para a Cisjordânia, onde foi recebida por Iasser Arafat. Sajed Erakat, entretanto, não acredita no êxito dos esforços diplomáticos da UE sem o apoio dos Estados Unidos. O representante palestino salientou o papel da UE em convencer os norte-americanos da importância do fim da política israelense de ocupação.

As atenções estão voltadas para o pronunciamento do secretário norte-americano de Estado, Colin Powell, na segunda-feira, que deve começar uma nova iniciativa de paz . Neste domingo, a delegação da União Européia estará em Israel, onde vai reunir-se com o primeiro-ministro, Ariel Scharon, e o ministro do Exterior, Schimon Peres.

A peregrinação dos europeus pela região prevê ainda encontros com os chefes de Estado ou de governo da Jordânia, da Síria e do Líbano.

  • Data 17.11.2001
  • Autoria Roselaine Wandscheer
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/1Nwu
  • Data 17.11.2001
  • Autoria Roselaine Wandscheer
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/1Nwu