1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

UE reclama de danos causados por Israel na Palestina

Enquanto os EUA aumentam as pressões para o líder palestino, Yassir Arafat, fazer um acordo de cessar-fogo com Israel, a União Européia reclama dos prejuízos causados pelos ataques de Israel nos territórios palestinos.

default

Yasssir Arafat sob pressão dos EUA e Israel para fazer acordo de cessar-fogo

A União Européia calcula em 36 milhões de euros (US$ 31,69 milhões) os prejuízos causados pelos ataques de Israel aos projetos de ajuda ao desenvolvimento nos territórios palestinos. Enquanto isso, os Estados Unidos aumentaram as pressões para o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Yasssir Arafat, fazer um acordo de cessar-fogo com Israel.

O vice-presidente dos EUA, Dick Cheney, condicionou, nesta terça-feira (19), um encontro com Arafat à implantação do plano Tenet para um cessar-fogo. Cheney deixou isso claro no seu segundo encontro com o primeiro-ministro israelense, Ariel Sharon, em Jerusalém.

Sharon também evidenciou que só suspende a proibição para Arafat viajar ao exterior se ele aprovar o fim da violência. O Exército israelense tinha anunciado, poucas horas antes, a sua retirada de duas zonas nos territórios autônomos. Apesar de novos atos de violência, o ministro israelense da Defesa, Benyamin Ben Elieser, mostrou-se confiante em conseguir um cessar-fogo dentro de 48 horas. O plano do chefe da CIA, George Tenet, prevê um prazo de seis semanas para um armistício.

Prejuízos – A União Européia, que vem pressionando tanto israelenses quanto palestinos para acabar com violência, apresentou, em sua sede na Bélgica, nesta sexta-feira (19), uma lista dos prejuízos gerados pelos ataques israelenses aos projetos de ajuda ao desenvolvimento nos territórios palestinos. A parte da ajuda da UE nesses projetos é de quase 20 milhões de euros. A destruição do aeroporto internacional em Gaza equivale à metade da soma dos danos causados até fevereiro.