1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

UE planeja ampliar ajuda aos palestinos

Em visita ao Oriente Médio, ministro alemão das Relações Exteriores diz ver boas chances para a paz na região e revela que a União Européia negocia ampliação da ajuda aos palestinos.

default

Steinmeier (e) encontrou-se com Abbas em Ramala

A União Européia procura meios para poder ampliar seu auxílio financeiro aos palestinos, atualmente restrito à ajuda humanitária. Além disso, a Alemanha e a UE pretendem ressuscitar o processo de paz no Oriente Médio.

A Comissão Européia negocia com o ministro das Finanças da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Salam Fayyad, a possibilidade de um apoio ao setor econômico e ao pagamento dos salários dos funcionários públicos, revelou o ministro alemão das Relações Exteriores, Frank-Walter Steinmeier, em visita à região neste sábado (05/05).

A reunião com Fayyad, do setor independente no gabinete de unidade de unidade dos movimentos islâmico Hamas e nacionalista Fatah, foi a primeira de um representante do governo alemão com um ministro palestino.

Após um encontro com o presidente Mahmoud Abbas, em Ramala, Steinmeier rebateu acusações de que a UE boicota o novo governo. Em 2006, a UE repassou 700 milhões de euros à Autoridade Palestina, "20% a mais do que no ano anterior", disse Steinmeier.

O ministro alemão disse que os palestinos esperam a mesma generosidade dos países árabes, que no passado concederam ajuda no valor de 360 milhões de euros à ANP.

Na sexta-feira (04/05), Steinmeier convidou os ministros das Relações Exteriores de vários países árabes para uma reunião no final deste mês em Bruxelas, para discutir a retomada do processo de paz no Oriente Médio.

Steinmeier também conclamou os palestinos e israelenses a aproveitar as chances de paz e estabilidade para a região. "A atual oportunidade não deve ser perdida. O governo alemão e a atual presidência da UE vão continuar trabalhando neste sentido ", afirmou. (gh)

Leia mais