UE exige que Irã pare de interferir em transmissões por satélite | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 22.03.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

UE exige que Irã pare de interferir em transmissões por satélite

Programas da Deutsche Welle estão entre os que sofreram interferência, considerada inaceitável pela União Europeia.

default

Os ministros de Relações Exteriores dos países da União Europeia (UE) exigiram nesta segunda-feira (22/03) do governo iraniano que encerre as interferências em programas de rádio e televisão transmitidos por satélite a partir do exterior.

"A UE está determinada a acompanhar esta questão e a agir para pôr fim a essa situação inaceitável", afirmam os ministros numa declaração divulgada após uma reunião em Bruxelas.

"A UE apela às autoridades iranianas para que deixem de interferir na difusão por satélite e de censurar a internet e para que ponham fim imediato a essa interferência eletrônica", afirma o documento.

A atitude do governo iraniano contraria o Pacto Internacional de Direitos Civis e Políticos, assinado pelo país, declararam os ministros.

Nas últimas semanas, o governo iraniano interferiu nas emissões por satélite de diversas emissoras estrangeiras. Os programas da Deutsche Welle e da BBC estão entre os que sofreram interferências e os operadores do satélite Eutelsat apresentaram uma queixa à União Internacional das Telecomunicações (UIT).

AS/lusa/dpa

Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais