1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

UE condena maior atentado desde a queda do Talibã

União Européia afirma que manterá sua presença militar no Afeganistão apesar do atentado cometido em Cabul.

default

Polícia é alvo de atentado de extremistas islâmicos

O início oficial da missão policial da União Européia no Afeganistão foi marcado por um atentado à bomba em Cabul. Trata-se do maior ato de terror no país desde a deposição do regime talibã, em 2001. O alvo do atentado no centro da capital afegã, que vitimou pelo menos 35 pessoas e deixou dezenas de feridos, foi um ônibus da polícia que transportava inúmeros recrutas.

A presidência alemã da União Européia condenou rigorosamente o ato de terror, assegurando que isso não mudará em nada os planos da comunidade em participar da formação da polícia afegã. A missão da UE no Afeganistão é integrada por 160 policiais de 21 países. Um porta-voz da comunidade justificou que a meta européia é justamente reforçar a polícia, para proteger a população de atos de terror deste tipo.

A bomba explodiu dentro de um ônibus da polícia que passava por um ponto movimentado de Cabul. O explosivo foi detonado por um terrorista suicida de 23 anos, segundo comunicou um porta-voz do Talibã em um telefonema à polícia. De acordo com o hospital militar da capital afegã, as vítimas eram em grande parte policiais. (sm)

Leia mais