1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Twitter anuncia demissões

Rede social cortará 336 empregos como parte dos esforços para reformular seu modelo de negócios. Presidente admite que Twitter é mais confuso que alguns concorrentes.

A rede social Twitter anunciou nesta terça-feira (13/10) que demitirá 336 funcionários, número que corresponde a 8% de sua força de trabalho. Segundo a empresa, a reestruturação é parte de um plano geral de reorganização de prioridades e para aumentar a eficiência da empresa.

A medida foi anunciada duas semanas após o retorno de Jack Dorsey, um dos fundadores, que assumiu como presidente. "Tomei algumas decisões duras, mas necessárias, que permitirão ao Twitter prosseguir com maior objetividade e reinvestir no nosso crescimento", anunciou Dorsey através da própria rede social.

O Twitter enfrenta vários problemas, como uma desaceleração no crescimento do número de usuários, além de prejuízos financeiros. Desde que Dorsey e seus parceiros iniciaram o serviço, o Twitter perdeu quase 2 bilhões de dólares. Os investidores temem que os resultados do terceiro trimestre do ano, que serão apresentados no dia 27 de outubro, tragam novas decepções.

Dorsey admitiu que o modo de utilização do Twitter é muito confuso para algumas pessoas, fazendo com que a rede social perca usuários, enquanto serviços como o Snapchat e o WhatsApp, do Faceboook, ganham popularidade. Ele prometeu tornar o produto mais acessível no próximo ano.

A demissão de 8% de sua força de trabalho – de um total de 4.100 pessoas – deverá aliviar as finanças da empresa, enquanto novas ferramentas são desenvolvidas.

RC/ap/afp

Leia mais