1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

TV de alta definição e multimídia são destaques na IFA

Televisores com telas de plasma e LCD, iPods, players de MP3 e celulares multimídia são os destaques da feira de eletrônicos em Berlim. Deutsche Welle mostra serviço de podcasting.

default

Aumenta a demanda por TV de alta definição

Cerca de dez mil novos produtos são lançados anualmente no mercado mundial de eletrônica de consumo. Uma mostra do que chegará às prateleiras das lojas especializadas nos próximos meses é exibida por 1049 expositores de 32 países na IFA (Feira Internacional de Eletrônica de Consumo), aberta no último dia 1º e que prossegue até 6 de setembro em Berlim.

A crescente demanda por TVs de tela plana, players de MP3 e telefones celulares multimídia alimenta o otimismo do mercado. "O faturamento do setor deve aumentar 4% e atingir 22 bilhões de euros este ano na Alemanha", prevê o presidente da Associação das Empresas do Setor de Eletrônica de Consumo, Hans-Joachim Kamp.

Kamp menciona ainda outro número animador para os associados de sua entidade: em 2005, foram vendidos na Europa 160 milhões de telefones celulares, equipamentos de navegação portáteis, tocadores de MP3, câmeras digitais, notebooks e aparelhos móveis do gênero.

Avanço da HDTV

A estrela da IFA 2006 é a tevê de alta definição (HDTV). Só no primeiro semestre de 2006, as vendas de telas de plasma e LCD aumentaram 30% na Alemanha, boa parte por conta da Copa do Mundo. "Isso mostra que a HDTV se propaga com maior velocidade do que à sua época a televisão a cores", diz o presidente do conselho fiscal da Sociedade para Eletrônica de Entretenimento e Comunicação, Rainer Hecker.

As TVs de telas planas – cada vez maiores – estão substituindo rapidamente os velhos modelos de tubo de imagem. Enquanto no ano passado as vendas de televisores de 32 polegadas estouraram, neste ano o mercado abre caminho para as telas de 42 e até de 52 polegadas.

Multimídia e podecasting

IFA Berlin Mobil-TV der Firma Benq.Siemens

TV na palma da mão – também acessível via celular

Além dos telões de plasma e LCD, iPods, MP3 players e celulares que tocam música digital ou mostram imagens de TV conquistam cada vez mais consumidores. Tentando romper o domínio do iPod, da Apple, os fabricantes de celulares estão integrando players de música aos seus produtos.

Uma tendência geral observada na primeira edição anual da IFA é mostrar produtos maduros para o mercado, em vez de novas invenções. É o caso, por exemplo, de dispositivos móveis para sintonizar transmissões de TV ao vivo, alguns deles já apresentados durante o Mundial na Alemanha. A Deutsche Welle aproveita o evento para apresentar seu serviço de podcasting, oferecido aos seus usuários desde 2004.

Lançada em 1924, quando a Alemanha era uma força emergente na indústria de eletrônicos, a IFA vinha sendo realizada em ritmo bienal, o que os organizadores consideram insuficiente para acompanhar as constantes inovações tecnológicas.

Embora o país não seja líder mundial no setor, a chanceler federal Angela Merkel classificou a feira como "vitrine da inovação alemã". Neste ano, os organizadores do evento esperam 250 mil visitantes e o fechamento de negócios no valor de 2,5 bilhões de euros.

Leia mais