1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Turquia pede ajuda à Otan para defender fronteira com a Síria

Turquia solicita à aliança militar que forneça sistemas de mísseis Patriot para proteger a fronteira com a Síria, país que enfrenta uma guerra civil. Alemanha diz que deve colaborar.

A Turquia pediu nesta quarta-feira (21/11) à Otan que envie sistemas de defesa antiaérea do tipo Patriot para a fronteira do país com a Síria. O secretário-geral da Otan, Anders Fogh Rasmussen, anunciou que uma comissão irá decidir rapidamente sobre essa questão.

A Turquia deixou claro que a função do sistema é meramente defensiva e que não pretende implementar uma zona de proibição de tráfego aéreo. O país acentuou que a medida é para proteger sua população e seu território. Além disso, contribuiria para a amenizar a crise na fronteira sudoeste da Otan.

Rasmussen explicou que a decisão depende dos países-membros que possuem os sistemas Patriot mais modernos, ou seja, Alemanha, Holanda e Estados Unidos. Segundo o secretário-geral, esses países precisam decidir se estão dispostos a cedê-los para a missão na Turquia e por quanto tempo.

O Ministro do Exterior da Alemanha, Guido Westerwelle, anunciou que a Alemanha está disposta a atender o pedido da Turquia. "Eu orientei o embaixador alemão a acatar o pedido de forma positiva – claro que apenas se as condições forem preenchidas e com as reservas habituais", afirmou Westerwelle. Uma decisão provavelmente vai depender de aprovação parlamentar.

O envio de dois desses sistemas significaria para a Alemanha deslocar mais de 170 soldados para a região. O Ministro alemão da Defesa, Thomas de Maizière, havia sinalizado no início da semana que o país iria atender ao pedido, afirmando que o pedido seria analisado dentro do espírito de solidariedade da Aliança Atlântica.

Na próxima semana uma equipe de especialistas da Turquia e da Otan irá verificar os possíveis locais para a instalação do sistema.

CN/dpa/rtr
Revisão: Alexandre Schossler