1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Turquia divulga áudio com advertências a caça russo

Gravações em inglês indicam alerta de aproximação ao espaço aéreo turco e ordem para alterar a rota. Piloto russo resgatado, no entanto, garante que não houve aviso nem via rádio e nem visual por parte do Exército turco.

O Exército turco divulgou nesta quarta-feira (25/11) vários registros de áudio que, segundo Ancara, provam as advertências feitas ao piloto de um caça russo que foi abatido pela Força Aérea turca próximo à fronteira com a Síria.

"Esta é a Força Aérea turca falando em guarda. Você está se aproximando do espaço aéreo turco. Dirijam-se para sul imediatamente", indicou uma voz numa das gravações em inglês divulgadas e citadas por agências internacionais. A gravação mostra que a mensagem foi repetida várias vezes.

Em sua primeira entrevista após ser resgatado, o piloto russo Konstantin Murakhtin disse à mídia estatal russa que não houve nenhum aviso prévio ao abatimento de sua aeronave por caças turcos.

"Não houve nenhum aviso, nem por mensagem de rádio nem visualmente. Não houve nenhum contato", disse Murakhtin na base russa na Síria, em Latakia, de costas para as câmeras. O capitão negou ainda ter entrado em espaço aéreo turco "mesmo que por um único segundo".

Em telefonema com o ministro do Exterior da Rússia, Sergei Lavrov, seu homólogo turco, Mevlut Cavusoglu, afirmou que a aeronave russa "voou um total de 17 segundos no espaço aéreo turco". Lavrov afirmou que o incidente parece ser uma "provocação planejada". Putin classificou o abate do caça SU-24 como uma "punhalada nas costas dada por cúmplices de terroristas".

PVlusa/afp/rtr

Leia mais