1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Turquia cruza fronteira com Iraque para atacar PKK

Militantes curdos no Iraque estariam envolvidos em atentado que matou 16 militares turcos. Segundo fonte oficial da Turquia, cruzamento da fronteira por forças de segurança visa evitar fuga de suspeitos.

Soldados especiais da Turquia cruzaram a fronteira com o Iraque nesta terça-feira (08/09), ao perseguir militantes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) que estariam envolvidos em um atentado a bomba que deixou mais de 16 militares turcos mortos no domingo.

"Essa foi uma medida de curto prazo que visava evitar a fuga dos terroristas", afirmou uma fonte oficial do governo à agência de notícias AFP. Veículos de comunicação locais, citando militares, noticiaram que dois batalhões das forças especiais turcas haviam cruzado a fronteira.

Apesar da ofensiva, os ataques a forças de segurança da Turquia aumentaram recentemente. Nesta terça-feira, pelo menos 14 policiais turcos morrem em dois ataques a bomba, promovidos por militantes curdos.

Em resposta ao ataque de domingo, mais de 40 aviões de guerra da Turquia participaram de bombardeios na madrugada de terça-feira a bases do PKK no norte do Iraque.

Desde o início da ofensiva turca contra o PKK, em julho, mais de 200 pessoas morreram no conflito, quase a metade delas eram soldados e policiais.

A ofensiva ocorre em meio à incerteza política no país. Novas eleições legislativas foram marcadas para 1º de novembro, após o fracasso do partido que ganhou a maioria dos assentos no Parlamento, nas eleições de junho, de

formar uma coalizão

para governar.

CN/ap/afp/rtr/dpa

Leia mais