1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Turistas elogiam simpatia alemã e segurança da Copa

Estudo prova satisfação de quem veio à Alemanha e mostra que melhorou imagem dos alemães no exterior. Cinco mil turistas avaliaram país e organização da Copa. Segurança foi quesito mais elogiado.

default

Descontração alemã surpreendeu turistas

A hospitalidade alemã e a organização do Campeonato Mundial de Futebol na Alemanha estão agradando à grande maioria dos visitantes do país. Mais de 90% dos turistas estrangeiros vêem confirmado o slogan da Copa, "o mundo entre amigos". Um estudo apontou, inclusive, que muitos pretendem retornar em outra ocasião ao país.

"Foi sensacional a imagem e o clima propagados durante a Copa na Alemanha", salientou o cientista esportivo Alfons Madeja, de Nurembergue, ao apresentar os resultados de um estudo que avaliou a concepção global do evento no país. Ao mesmo tempo, segundo ele, o Mundial contribuiu para o aumento da autoconfiança dos próprios alemães.

Comemorar entre amigos

WM Bilder des Tages 30.06.2006 Italien Fans

Torcedores italianos felizes com a classificação à semifinal

O estudo realizado pela Escola Superior Reinhold Würth, de Heilbronn, avaliou as respostas de 5 mil turistas que vieram à Alemanha para a Copa. Quase todos, ou seja, 95,3%, consideram bom ou muito bom tudo o que vivenciaram no país. "Os resultados superaram minhas expectativas, que já eram bastante otimistas", afirmou Madeja, professor de Administração de Empresas e Gerenciamento Esportivo, à agência alemã de notícias DPA.

Questionados sobre os motivos que os trouxeram à Alemanha, a maioria dos turistas respondeu que o objetivo foi celebrar o futebol com amigos. Em primeiro plano, vieram comer, beber e festejar, completa Madeja. Para 88%, isso é quase tão importante quanto a possibilidade de, num megaevento como este, encontrar-se com gente de todo o mundo.

Arte e cultura na próxima visita

Os em parte dispendiosos programas culturais oferecidos pelas cidades-sedes dos jogos da Copa receberam atenção secundária dos visitantes. Eventos musicais e concertos despertaram grande interesse em 43% dos 5 mil questionados.

Por outro lado, da mesma forma como aEurocopa há dois anos em Portugal, a arte e a cultura foram apontadas como importante motivação para a próxima visita ao país: 66% dos entrevistados pretendem voltar, e desta vez com esposa e filhos. Em Portugal, esta cota havia sido de 56%.

Apenas 4% dos que participaram do estudo estavam viajando desacompanhados. A maioria, 64%, veio com amigos. "Foram basicamente grupos masculinos, que já participaram de outras edições de campeonatos mundiais ou europeus", explica Madeja. Quinze por cento dos visitantes vieram à Alemanha acompanhados do cônjuge ou outros membros da família.

Correção da imagem dos alemães

BdT Deutsche Fans Tor WM 2006

Descontração aumentou à medida que equipe alemã avançou na competição

Muitos turistas afirmaram ter corrigido a imagem de sisudos e introvertidos que tinham dos alemães. "Não escondemos nossa alegria, mostramos nossas emoções. Finalmente tivemos a coragem de estar contentes, de manifestar orgulho e alegria e de mostrar as cores da nossa bandeira", diz o professor.

Este comportamento positivo da população alemã foi fundamental para que os visitantes vivenciassem a Alemanha não só como a campeã mundial da organização, mas também da animação. "Se tivesse sido diferente, se não tivéssemos usado de forma tão intensa nossas cores nacionais nas ruas, os turistas teriam ficado desapontados."

Notas extraordinariamente altas foram dadas também à organização da Copa: 89,5% dos questionados manifestaram-se satisfeitos ou muito satisfeitos com o evento. O quesito com a aprovação maior foi a segurança: 93,7%.

A situação no trânsito das cidades-sedes de jogos foi considerada boa por 86,2% dos turistas questionados. Já os quesitos gastronomia e programas básicos paralelos aos jogos não foram elogiados por todos: receberam a aprovação de "apenas" 80,9% e 76,5%, respectivamente.

Os telões ao lar livre nos grandes centros, em contrapartida, foram considerados bons ou muito bons por 92,2% dos entrevistados. Para 80% dos torcedores, foi uma boa alternativa aos estádios.

Leia mais