1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Turista alemão filmou acidente de Schumacher, diz revista

Queda do ex-piloto alemão teria sido filmada por um comissário de bordo, segundo revista "Der Spiegel". Promotoria disse que pedirá supostas imagens. Investigadores devem realizar entrevista coletiva nesta semana.

Um comissário de bordo alemão de 35 anos teria filmado, por acaso, a queda de Michael Schumacher na estação de esqui de Méribel, nos Alpes franceses, de acordo com a revista alemã Der Spiegel. O homem teria registrado a cena com um celular e estaria disposto a colocar as imagens à disposição das autoridades francesas, segundo a publicação.

O promotor responsável pelo caso, Patrick Quincy, disse neste domingo (05/01) que os investigadores vão solicitar uma cópia do vídeo e pediu que o turista entre em contato com a polícia local. Quincy afirmou, ainda, que uma entrevista coletiva dos investigadores franceses será realizada nesta semana.

O turista explicou para a revista alemã que estava filmando a namorada com um smartphone, a poucos metros do local do acidente. No fundo da imagem, relativamente tremida, é possível ver um outro esquiador deslizar sobre a neve e, logo depois, caindo numa área entre as duas pistas.

De acordo com a testemunha, o esquiador na parte de trás do vídeo era Michael Schumacher. O suposto autor da filmagem afirmou que o ex-piloto esquiava de forma "tranquila", numa velocidade "em torno de 20 quilômetros por hora". Isto apoiaria a versão da empresária e porta-voz de Schumacher, Sabine Kehm, que declarou na terça-feira que o heptacampeão de Fórmula 1 "não estava muito rápido" na pista.

Michael Schumacher Skiunfall Unfallort Piste

Local do acidente, na estação de esqui de Méribel, nos Alpes franceses

A revista alemã não publicou o suposto vídeo em sua página na internet nem informou se seus repórteres teriam visto as imagens.

Estado ainda é grave, mas estável

De acordo com um comunicado, a família de Schumacher entregou aos investigadores uma minicâmera que estava no capacete do ex-piloto de "forma voluntária". A imprensa francesa havia informado que a câmera teria sido confiscada.

Schumacher caiu e bateu com a cabeça contra uma rocha e sofreu um grave traumatismo craniano, apesar de usar capacete. Após duas operações na cabeça, ele ainda está em coma induzido no Hospital Universitário de Grenoble, na França.

Sua empresária, Sabien Kehm, descreveu a condição do paciente como ainda grave, mas estável. "Insistimos que toda informação sobre sua saúde que não seja fornecida pelos médicos ou pela direção do hospital deve ser considerada nula ou pura especulação", declarou Kehm, por escrito, no sábado, um dia após o aniversário de 45 anos do ex-piloto alemão.

Ela frisou também que a próxima coletiva dos médicos deverá ser realizada na segunda-feira.

MD/afp/dpa/sid/ap

Leia mais