1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Turcos são leais à Alemanha

Pesquisa indica que metade dos imigrantes da Turquia se sentem profundamente ligados ao país.

default

Imigrante turco servindo Döner Kebap

Não é à toa que, praticamente, em cada esquina de uma cidade alemã pode-se comprar um "Döner Kebap". A saborosa especialidade turca já se incorporou à paisagem urbana alemã, assim como os próprios turcos já se integraram à população. A última pesquisa da Fundação Konrad Adenauer, realizada com 326 imigrantes, comprovou essa integração: a maioria dos turcos são leais ao país escolhido.

Os turcos compõem o maior grupo de estrangeiros na Alemanha, no total são cerca de 2,1 milhões. A conta se estende ainda mais se considerados os cerca de 500 mil alemães com descendência turca. Segundo a pesquisa, aproximadamente 50% dos turcos residentes na Alemanha sentem-se profundamente ligados ao país. Já para os imigrantes naturalizados alemães, a integração ao país é ainda maior do que em relação à própria Turquia (55%).

A aceitação dos estrangeiros pelos alemães ainda é um ponto que atrapalha a total integração, 60% dos turcos declararam já ter sofrido algum tipo de discriminação na Alemanha. Porém, 92% destes estão satisfeitos com a ordem social alemã, enquanto os próprios alemães, acostumados com o bem-estar social, mostram-se muito mais insatisfeitos. Aproximadamente 50% deles reclamam da atual estruturação da sociedade.

Curiosamente, quase a metade dos turcos se disseram aptos a lutar pela Alemanha no caso de uma guerra contra países islâmicos. Destes, apenas menos da metade consideram a religião importante em suas vidas e a grande maioria se diz seguidor de um "islã tolerante".

História – No dia 30 de outubro de 1961, a Alemanha firmou um acordo com a Turquia para promover a imigração dos estrangeiros, a fim de suprir a necessidade do mercado de trabalho do país, principalmente no que diz respeito à mão-de-obra não-qualificada. Seis anos depois, a população turca na Alemanha já totalizava 170 mil. Nesta época, em grandes firmas como a Ford, muitas reuniões já eram efetuadas na língua turca. Atualmente, nas grandes cidades alemãs outdoors escritos em turco dividem espaço com propagandas em alemão e, em diversas lojas, foram criados serviços especiais de atendimento ao cliente para os imigrantes vindos da Turquia.