1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Tsipras diz que acordo com Eurogrupo põe fim à austeridade

Premiê grego afirma que entendimento para estender o programa de resgate financeiro cancela promessas feitas pelo governo anterior aos credores. Entretanto, ele reconheceu que o mais difícil ainda está por vir.

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, disse neste sábado (21/02) que o acordo com os ministros das Finanças europeus para estender o programa de resgate financeiro cancela os compromissos de austeridade assumidos pelo governo anterior frente aos credores internacionais. Ele, entretanto, reconheceu que o mais difícil ainda está para vir.

Após semanas de tensas negociações, que elevaram o temor de que a zona do euro poderia pela primeira vez perder um membro, o governo da Grécia chegou nesta sexta-feira a um acordo com os ministros das Finanças europeus para prorrogar o programa de resgate financeiro ao país.

O programa, que expiraria no próximo dia 28, será estendido por quatro meses. A ajuda, no entanto, deve vir acompanhada de novas reformas, que terão que ser detalhadas por Atenas aos credores até a próxima segunda-feira.

Avaliação

Segundo o comunicado do Eurogrupo, os credores vão fazer uma primeira avaliação em torno da questão se a lista apresentada pelo governo grego é "suficientemente ampla para ser um ponto de partida válido para a conclusão bem-sucedida" do acordo.

"Ontem demos um passo decisivo, deixando a austeridade, os pacotes de resgate e a troica", afirmou Tsipras em discurso televisionado. "Vencemos uma batalha, não a guerra. As dificuldades reais ainda estão diante de nós."

Segundo o premiê, o acordo "cancela os compromissos do governo anterior para cortes em salários e aposentadorias, para demissões no setor público, para elevações de taxas sobre alimentos e medicamentos".

MD/afp/dpa

Leia mais