1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Trump recebe apoio-chave na disputa republicana

Após abandonar primárias, governador de Nova Jersey, Chris Christie, surpreende e declara apoiar a candidatura do magnata. "Ele é a melhor pessoa para derrotar Hillary Clinton em novembro", diz.

default

Chris Christie e Donald Trump: governador é cotado como possível procurador-geral dos EUA

O pré-candidato republicano Donald Trump recebeu nesta sexta-feira (26/02) o apoio oficial do governador de Nova Jersey, Chris Christie – uma declaração recebida com surpresa por sua própria campanha e que já é considerada um dos fatos políticos mais importantes da atual corrida à Casa Branca.

Christie, de 53 anos, também era pré-candidato à presidência, até abandonar a disputa depois de um sexto lugar nas prévias de New Hampshire. Ele é o republicano mais proeminente a declarar apoio a Trump, que chega como favorito para a chamada "Superterça" – o próximo 1º de março é o dia com maior número de primárias da atual campanha.

"A melhor pessoa para derrotar Hillary Clinton em novembro presente naquele palco na noite passada [quinta-feira] é sem dúvida Donald Trump", disse Christie em coletiva de imprensa, um dia depois do

debate

dos pré-candidatos presidenciais no Texas.

Ex-promotor público, Christie vem sendo cogitado nos círculos republicanos como procurador-geral em potencial, mas disse que não recebeu nenhuma oferta de emprego em um eventual governo Trump.

Trump, de 69 anos, nunca ocupou um cargo público e vem fazendo campanha na posição de candidato alheio ao meio político tradicional. Ele vem surfando uma onda de revolta dos eleitores com a lentidão da recuperação econômica, a imigração ilegal e o que afirma ser a diminuição do papel dos Estados Unidos no mundo.

O magnata venceu três prévias em seguida – New Hampshire, Carolina do Sul e Nevada – e vem conseguindo convencer alas mais conservadoras republicanas de que sua campanha já é irrefreável, especialmente se acumular vitórias na próxima terça-feira.

Trump ganhou destaque na disputa republicana com propostas polêmicas, como se comprometer a erguer um muro na fronteira com o México para deter a imigração ilegal, pedir a proibição temporária da entrada de muçulmanos nos EUA e prometer ser duro nas relações comerciais com a China.

Seus adversários, Marco Rubio e Ted Cruz, partiram para cima de Trump no debate acalorado de quinta-feira, um último recurso para evitar que o bilionário conquiste novas vitórias nas prévias da semana que vem, o que pode lhe garantir a indicação do Partido Republicano. Mas eles mal causaram arranhões na imagem de Trump, de acordo com pesquisas de opinião.

RPR/rtr/ots

Leia mais