1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

NOTÍCIAS

Trump pede anulação da prévia de Iowa

Magnata acusa senador Ted Cruz de fraude na primeira prévia do Partido Republicano e defende repetição do processo ou sua total anulação.

Após aceitar o segundo lugar no caucus de Iowa como uma "honra", Donald Trump acusou nesta quarta-feira (04/02) o senador do Texas Ted Cruz de ter vencido a primeira prévia na corrida republicana através de fraude. Ele pediu a repetição do processo ou sua anulação.

A fraude, segundo Trump, está no fato de Cruz ter alertado os delegados do partido em Iowa de que o neurocirurgião Ben Carson, que conta com um grande apoio entre os evangélicos, abandonaria a disputa após a votação. Isso beneficiou o senador, que pediu desculpas pelo "erro".

O rumor da saída de Carson começou a se espalhar no mesmo dia do caucus, quando um repórter disse que o neurocirurgião não iria diretamente à próxima primária em New Hampshire, mas passaria pela Flórida.

Essa informação foi utilizada pela campanha de Cruz para sugerir que o neurocirurgião se retirava da disputa e pedir o voto aos eleitores de Carson, grande parte deles evangélicos, como os do senador do Texas.

"Ted Cruz não ganhou em Iowa, roubou ilegalmente. Por isso as pesquisas estavam tão equivocadas e por isso obteve mais votos que o esperado!", escreveu Trump, antes de apagar o comentário, algo que costuma fazer.

Pouco depois publicou uma nova mensagem, na qual eliminava a palavra "ilegalmente", mas mantinha a acusação de que Cruz ganhou com métodos questionáveis e que se deveria realizar uma nova votação ou anular os resultados.

Trump ficou em segundo em Iowa com 24% dos votos, contra 28% de Cruz, que, durante toda a campanha, estava atrás do magnata na maioria das pesquisas de opinião.

RPR/rtr/afp/efe