1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Trump domina primeiro debate das primárias republicanas

O magnata do ramo imobiliário esteve no centro das atenções no debate dos pré-candidatos republicanos e não descartou uma candidatura independente caso não seja o nomedo pelo partido para concorrer à presidência dos EUA.

O primeiro debate dos pré-candidatos republicanos à presidência dos Estados Unidos, na noite desta quinta-feira (06/08), foi dominado pelo magnata

Donald Trump, cuja candidatura é envolta em polêmicas

, principalmente por seus comentários sobre os imigrantes e suas atitudes em relação às mulheres.

Os outros nove concorrentes à nomeação republicana atacavam uns aos outros enquanto evitavam o confronto direto com Trump, que está no topo das pesquisas como o favorito para concorrer às eleições de 2016.

O senador Rand Paul, do Kentucky, foi um dos poucos a enfrentar Trump, após ele se recusar a declarar apoio ao pré-candidato que sair vencedor das primárias republicanas. "Não vou e comprometer a essa altura", afirmou magnata do ramo imobiliário, que há semanas vinha dizendo que não descarta uma candidatura independente, o que poderia dividir o voto dos eleitores republicanos, aumentando as chances do futuro candidato do Partido Democrata.

Paul respondeu que Trump prefere manter aberto o leque de opções para, inclusive, apoiar Hillary Clinton, a pré-candidata favorita para ganhar a nomeação do Partido Democrata, em referência à amizade que Trump mantinha com ela e seu marido, o ex-presidente Bill Clinton.

"Ele já prepara suas apostas porque está acostumado a comprar políticos", atacou Paul. Trump admitiu ter dado "muito dinheiro" aos Clinton, mas ressaltou que a maioria dos candidatos que estavam ao seu lado no debate também já haviam sido financiados por ele.

Sem vencedor claro

A participação de Trump foi, como se esperava, repleta de controvérsias. Ele disparou contra Rand Paul, o governo mexicano – que acusou de ser "muito esperto" ao mandar os mexicanos ruins para além da fronteira dos EUA – e diversos outros alvos, inclusive a mediadora Megyn Kelly.

Ao ser confrontado por ela sobre comentários insultantes feitos pelo pré-candidato às mulheres em outras ocasiões, Trump menosprezou a polêmica afirmando se tratar de uma questão de comportamento "politicamente correto". "Sinto muito se você não gosta", afirmou, acusando Kelly de tê-lo tratado mal. "Tenho sido bom com você, apesar de que poderia não sê-lo, pela forma como tem me tratado". A base de apoio de Trump é majoritariamente masculina.

O pré-candidato em segundo lugar nas pesquisas, Jeb Bush

, adotou uma postura mais moderada. Ele qualificou a retórica de Trump como "divisiva" e afirmou que "venceremos quando unirmos as pessoas com uma mensagem otimista".

Após o debate de duas horas realizado pelo canal de notícias Fox News, a impressão final foi que nenhum dos pré-candidatos saiu como vencedor.

RC/rtr/dpa

Leia mais