1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Trump diz que Alemanha deve "vastas somas de dinheiro" à Otan

Presidente americano afirma que encontro com Merkel na Casa Branca foi "ótimo", mas diz que Alemanha se beneficia da aliança sem pagar o suficiente. "EUA devem ser pagos pela poderosa defesa que oferecem."

default

Merkel e Trump tiveram encontro em Washington nesta sexta-feira

O presidente americano, Donald Trump, acusou a Alemanha de dever "vastas somas de dinheiro" à Otan, em postagem no Twitter neste sábado (18/03). Trump disse ainda que os Estados Unidos devem ser pagos pela "poderosa defesa" que oferecem à Alemanha por meio da aliança militar. 

A afirmação ocorre um dia depois da primeira visita da chanceler federal alemã, Angela Merkel, à Casa Branca. Trump disse que o encontro com Merkel foi positivo, ao contrário do que foi noticiado pela imprensa, mas afirmou que a Alemanha se beneficia da defesa oferecida pela Otan sem pagar o suficiente por isso.

"Apesar do que vocês ouviram das notícias falsas, eu tive um ótimo encontro com a chanceler Angela Merkel. No entanto, a Alemanha deve vastas somas de dinheiro à Otan, e os Estados Unidos devem ser pagos pela poderosa e muito cara defesa que oferecem à Alemanha", escreveu.

Durante o encontro entre os dois líderes em Washington, Trump reiterou seu "forte apoio" à organização e disse ter pressionado Merkel a aumentar os gastos com defesa, para atingir a meta de 2% do PIB. Os países, segundo o presidente, precisam "pagar sua parte".

"Muitas nações devem enormes quantias de dinheiro [à Otan]", e essa situação "é muito injusta com os Estados Unidos", afirmou Trump. "Essas nações devem pagar o que devem."

A chanceler federal prometeu aumentar o orçamento alemão de defesa e reafirmou seu compromisso de alcançar a meta de 2% do PIB até 2024 – na Alemanha, essa percentagem é atualmente de 1,2%.

Em fevereiro, o secretário de Defesa dos Estados Unidos, James Mattis, ameaçou "moderar o comprometimento" do Pentágono com a Otan, caso os demais membros da aliança não elevem seus gastos com defesa.

KG/dpa/afp

Leia mais