Trump é eleito personalidade do ano pela ″Time″ | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 07.12.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Trump é eleito personalidade do ano pela "Time"

Revista americana menciona convulsão provocada na política dos EUA pela campanha e eleição do magnata como presidente. Trump classifica escolha de "grande honra".

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, foi eleito pela revista Time como a personalidade do ano. Ao anunciar a escolha nesta quarta-feira (07/12), a publicação semanal americana citou a convulsão na política do país provocada pela campanha eleitoral e subsequente vitória do magnata.

"Esta é a 90ª vez que nomeamos a pessoa que teve maior influência, para melhor ou para pior, sobre os eventos do ano", escreve a editora-chefe da Time, Nancy Gibbs, em editorial da revista desta semana, que traz o bilionário de Nova York estampado na capa. "Então qual será o deste ano? Melhor ou pior? O desafio para Donald Trump é o quanto o país discorda na resposta."

Gibbs admite que é difícil medir a escala da ruptura provocada por Trump, que em sua carreira passou de barão do setor imobiliário à celebridade de TV, antes de chegar ao mais alto cargo do país.

"Para quem acredita que isso tudo é para o bem, a vitória de Trump representa uma repreensão há muito sufocada a uma classe governante arraigada e arrogante", disse.

A Time anunciou ainda que a decisão teve entre os finalistas a democrata Hillary Clinton, rival de Trump nas eleições; o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan; e a cantora Beyoncé.

Em entrevista concedida ao programa "Today", da emissora NBC, logo após o anúncio da Time, Trump se mostrou contente com a notícia. "É uma grande honra, significa muito", afirmou.

IP/afp/rtr/otr

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados