1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Tribunal livra Sérvia e Croácia de acusações mútuas de genocídio

Um país havia acusado o outro de assassinato deliberado por motivos étnicos, durante a guerra nos Bálcãs, na década de 1990. Segundo tribunal da ONU, acusações não puderam ser comprovadas.

A Corte Internacional de Justiça afirmou nesta terça-feira (03/02) que nem a Sérvia, nem a Croácia cometeram genocídio durante a guerra nos Bálcãs, nos anos 1990. Um país havia acusado o outro do assassinato deliberado de pessoas por motivos étnicos.

Segundo o veredicto do principal órgão judiciário das Nações Unidas, os atos cometidos pelos sérvios não tinham a intenção de destruir o grupo étnico croata em algumas áreas da Croácia reclamadas pelos separatistas sérvios, mas de movê-los à força.

"A Croácia falhou em comprovar sua queixa de que foi cometido genocídio", afirmou o presidente da corte, juiz Peter Tomka, ao ler o veredicto em Haia, na Holanda. Pouco depois, Tomka fez afirmação semelhante sobre a ação movida pela Sérvia contra a Croácia.

Segundo Tomka, muitos crimes foram cometidos pelos dois países durante o conflito, mas a intenção de cometer genocídio – a destruição total ou parcial de uma etnia – não foi provada contra nenhum dos dois. Decisões da corte são definitivas, não cabendo recurso.

A Croácia entrou com uma ação contra a Sérvia no tribunal de Haia em 1999, numa acusação de genocídio relativa à guerra da independência, entre 1991 e 1995, na sequência da dissolução da antiga Iugoslávia.

A Sérvia era acusada de limpeza étnica como uma forma de genocídio na cidade de Vukovar e em outrsa áreas, resultando num grande número de croatas deslocados, assassinados ou torturados, que ainda perderam suas terras. Em torno de 13.500 croatas foram mortos. A Croácia buscava compensações financeiras.

Em 2010, a Sérvia respondeu com uma ação contra a Croácia, afirmando que cerca de 200 mil pessoas de etnia sérvia foram forçadas a fugir quando, em 1995, a Croácia iniciou uma ofensiva militar para reconquistar território. Depois dessa ofensiva, a proporção de sérvios na Croácia caiu de 12% para 4%. Em torno de 6.500 sérvios foram mortos.

AS/afp/rtr/dpa/ap

Leia mais