1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Tribunal italiano confirma a pena de prisão para Berlusconi

O ex-premiê italiano havia sido condenado a um ano de prisão em outubro por sonegação fiscal. Berlusconi ainda pode recorrer uma última vez contra a sentença.

O tribunal de recursos de Milão confirmou nesta quarta-feira (09/05) a condenação do ex-premiê italiano Silvio Berlusconi a um ano prisão e proibição de atividades públicas, sob a acusação de fraude fiscal e evasão de divisas.

Berlusconi, de 76 anos, recorreu da sentença pronunciada em outubro do ano passado no processo de superfaturamento de valores pagos para a exibição de filmes importados pelo consórcio de mídia Mediaset, da qual o ex-premiê é proprietário.

O ex-chefe de governo foi condenado a quatro anos de prisão, mas devido à Lei da Anistia de 2006, ele conseguiu o perdão de três anos. A condenação também proíbe Berlusconi de exercer cargos públicos durante cinco anos.

"Nós sabíamos que ia ser assim", afirmou Niccolo Ghedini, um dos advogados de defesa. Berlusconi pode ainda recorrer contra a sentença no Supremo Tribunal de Cassação italiano. Durante o julgamento, o político se declarou inocente de todas as acusações.

Berlusconi é réu em outros processos, como no caso Rubygate, no qual é acusado de abuso de poder e incitação à prostituição de menores. Em março, ele foi condenado a um ano de prisão pela publicação de escutas policiais em um de seus jornais. Ele está também recorrendo contra essa decisão.

CN/rtr/afp/ap/lusa
Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais