1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Tribunal condena assassinos de sem-teto

Longas penas de prisão para cinco alemães que espancaram sem-teto até a morte.

O Tribunal Regional de Potsdam condenou cinco alemães de 17 a 22 anos a longas penas de prisão pelo assassinato brutal de um sem-teto. Os dois principais acusados, de 21 e 22 anos, foram condenados a 13 anos. Dois outros vão passar respectivamente sete e oito anos num presídio juvenil. O quinto pegou cinco anos, igualmente em presídio juvenil.

Em agosto de 2001, os cinco maltrataram de tal forma um sem-teto de 61 anos, nos arredores de Berlim, que ele morreu asfixiado com o próprio sangue. Os réus haviam confessado o crime.

Segundo o promotor público, eles agiram de cabeça pensada, tendo saído, depois de beberem muito álcool, para dar uma surra em qualquer "vagabundo". Desesperados com a falta de perspectivas de suas próprias vidas, eles escolheram uma vítima que fosse socialmente ainda mais fraca que eles.

Para o juiz, que vê no delito "motivação política", existe o perigo de que crimes dessa espécie voltem a acontecer, enquanto não ocorrer na cabeça dos jovens de Brandemburgo (no leste da Alemanha) uma mudança na atitude perante os mais fracos da sociedade. Neste caso, os réus tinham grande aversão por pessoas alcoolizadas, embora eles próprios costumassem beber muito. (lk)