1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Trem de alta velocidade colide e mata passageiros

Choque entre Transrapid e um veículo sobre uma pista de testes causa um número ainda desconhecido de mortos e feridos.

Bombeiros utilizam escadas Magirus nos trabalhos de resgate de vítimas do acidente com o trem magnético de alta velocidade Transrapid

Trem magnético estava a 200 quilômetros por hora no momento do acidente

Um acidente num trecho de testes do trem magnético de alta velocidade Transrapid matou várias pessoas na manhã desta sexta-feira (22/09). "Muitas pessoas morreram", afirmou um porta-voz do distrito de Emsland, na Baixa-Saxônia, região onde aconteceu o acidente.

Segundo a polícia, havia 29 pessoas no trem, mas ainda não se sabe quantas morreram ou ficaram feridas. Oficialmente, uma pessoa morreu. Dez estão internadas com ferimentos num hospital da região. Outras 18 vítimas ainda não foram resgatadas. Os passageiros seriam, em sua maioria, visitantes que puderam participar de uma viagem de testes.

O ministro dos Transportes, Wolfgang Tiefensee, interrompeu sua viagem à China por causa do acidente. Ele deve retornar ainda esta semana à Alemanha.

Resgate

Bombeiros utilizam escadas Magirus nos trabalhos de resgate de vítimas do acidente com o trem magnético de alta velocidade Transrapid

Bombeiros trabalham no resgate das vítimas

De acordo com informações da polícia, o trem se chocou, a cerca de 200 quilômetros por hora, contra um veículo utilizado na execução de trabalhos sobre os trilhos. Segundo uma testemunha, o trem empurrou o veículo por mais de 500 metros.

Em torno de 150 pessoas trabalham na operação de resgate. A principal dificuldade enfrentada por elas é o local do acidente, um trecho que fica entre cinco e sete metros acima do solo. Os bombeiros utilizam escadas Magirus para chegar até as vítimas. O trecho fica no povoado de Lathen, na região de Emsland.

Tecnologia alemã

O Transrapid é desenvolvido por um consórcio entre a Siemens e a ThyssenKrupp. Segundo um assessor da Siemens, as conseqüências do acidente para o futuro do Transrapid ainda não podem ser determinadas.

O trecho em que aconteceu o acidente possui 31,8 quilômetros de extensão e é o maior do mundo para testes com trens magnéticos de alta velocidade. Ele fica entre os povoados de Lathen e Dörpen.

Leia mais

  • Data 22.09.2006
  • Autoria (as)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/99Vm
  • Data 22.09.2006
  • Autoria (as)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/99Vm