1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Trem-bala japonês bate recorde de velocidade

Veículo de levitação magnética alcança 603 km/h e quebra sua própria marca, de 590 km/h. A partir de 2027, ele vai unir Tóquio e Nagoia em apenas 40 minutos, metade do tempo usado hoje pelo trem mais rápido do país.

Um trem de levitação magnética (maglev) bateu nesta terça-feira (21/04), no Japão, o seu próprio recorde mundial de velocidade ao atingir 603 km/h numa via de testes. O mesmo trem havia alcançado a marca de 590 km/h em 16 de abril.

"A viagem a essa velocidade foi especialmente cômoda", afirmou o diretor do centro de testes do estado de Yamanashi, Kazuyasu Endo. O trem também viajou por 11 segundos numa velocidade superior a 600 km/h.

O maglev (acrônimo do inglês "magnetic levitation transport") vai conectar Tóquio e Nagoia em 2027 em apenas 40 minutos de viagem, a metade do tempo usado atualmente pelo trem mais rápido do Japão. A companhia Central Japan Railway, que opera as linhas ferroviárias na região, espera estender o serviço de Nagoia a Osaka até 2045.

Ao contrário dos trens convencionais, que utilizam rodas para deslizar ao longo dos trilhos, o Maglev usa ímãs eletricamente carregados que o elevam por cerca de dez centímetros acima dos trilhos.

A expectativa é que o trem circule a uma velocidade máxima de 500 km/h quando começar a operar. Com os atuais testes, a empresa pretende recolher dados importantes para melhorar o desenho e a tecnologia dos trens, como a resistência ao ar e a vibração.

FC/afp/dpa/efe

Leia mais