1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Três clubes alemães avançam para as oitavas da Liga dos Campeões

Pela primeira vez em oito anos, Alemanha tem três times nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Borussia Dortmund já é tido como um dos favoritos ao título. E sua maior estrela é comparada a Messi.

Pela primeira vez em oito anos, a Alemanha tem três clubes nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Nesta quarta-feira (21/11) o atual campeão alemão, o Borussia Dortmund, despachou os holandeses do Ajax por 4 a 1 em Amsterdam, e o Schalke derrotou o grego Olympiakos por 1 a 0.

Na terça-feira, o Bayern de Munique já tinha empatado em 1 a 1 contra o Valência, que jogava em casa. Os resultados garantiram ao trio uma vaga antecipada entre os 16 finalistas do campeonato.

Na temporada de 2004/2005, Bayern, Werder Bremen e Bayer Leverkusen também chegaram na fase eliminatória. Mas nenhum deles atingiu a final. Especialistas acreditam que, desta vez, vai ser diferente. Sobretudo o Borussia já é tido como um dos favoritos ao título.

"Se continuarem a jogar assim, não importa contra quem joguem nas oitavas de final. Quem botou por duas vezes o Real Madrid contra a parede pode vencer a Liga dos Campeões", afirmou o ex-jogador e comentarista esportivo Franz Beckenbauer, após a partida contra o Ajax. "Seria muito bom uma final contra o Bayern", confessou o analista, presidente de honra do clube de Munique.

Estrela do Borussia em alta

Um dos motivos para que o Borussia seja visto como candidato ao troféu leva o nome de Mario Götze. Depois do triunfo em Amsterdã, no qual o meia fez um gol e assistiu os outros três, surgiram comparações até mesmo com o astro argentino Lionel Messi, do Barcelona. "Mario está jogando um futebol incrível. Aos 20 anos, isso é excepcional ", elogiou, eufórico, o diretor esportivo do Borussia, Michael Zorc.

Mario Götze BVB vs Ajax Amsterdam 21.11.2012

Götze chuta para marcar o segundo gol do Borussia, cercado por três jogadores do Ajax

A boa fase do Borussia em nada lembra a última temporada, quando a equipe terminou em último lugar no seu grupo na Liga dos Campeões. Götze argumenta que, desta vez, ele e seus companheiros aprenderam a estar atentos nos momentos certos.

"A Liga dos Campeões é um desafio muito grande, e você precisa dar o melhor de si para a ocasião", disse o atleta. "Conseguimos fazer isso. Despertamos nos momentos decisivos e fomos eficientes. Essa é a diferença da temporada passada."

Schalke e Bayern

Após a suada vitória de 1 a 0 sobre o Olympiakos, as preocupações do Schalke se voltam para o futuro do atacante holandês Klaas-Jan Huntelaar. Especulações sobre a permanência do jogador na equipe começaram após um comentário de seu compatriota Erik Meijer. "Minhas informações são que Huntelaar deixa o clube neste inverno [europeu]. O Arsenal é o favorito", disse o ex-jogador e atual diretor esportivo do Alemannia Aachen.

O clube e o próprio jogador negaram os boatos. De qualquer forma, a diretoria do Schalke tem bons argumentos esportivos e financeiros para manter o holandês. Com a classificação para a próxima fase, o time ganha 3,5 milhões de euros. Ao todo, Schalke e Dortmund já receberam 16,1 milhões de euros na Liga dos Campeões deste ano.

"O futebol alemão está internacionalmente numa forma bastante notável, não somente na Liga dos Campeões, mas também na Liga da Europa", comentou o diretor esportivo do Schalke, Horst Heldt. "Antes do início da Liga dos Campeões, certamente não esperávamos que todos os três times alemães chegassem à fase eliminatória antecipadamente."

O Bayern de Munique ganhou até agora 500 mil euros a menos que Borussia e Schalke. O empate sem brilho contra o Valência foi suficiente para levar os bávaros à próxima fase do torneio, mas não convenceu os torcedores. "Temos que acordar", alertou o presidente do clube, Karl-Heinz Rummenigge.

Champions League Schalke- Piräus

Huntelaar, estrela do Schalke, pode deixar o clube em breve

MD/afp/sid/dpa
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais