1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Tornado destrói cidades e causa mais de 90 mortes em Oklahoma

Ventos acima de 320 quilômetros por hora deixam rastro de destruição nos arredores de Oklahoma City. Mais de 300 casas foram destruídas e ao menos 90 pessoas morreram, entre elas 20 crianças.

O número de vítimas continua a subir após a passagem de um tornado nesta segunda-feira (20/05) pela região metropolitana de Oklahoma, no sul dos Estados Unidos. O violento tornado com ventos acima de 320 quilômetros por hora e um diâmetro de 3,2 quilômetros espalhou a destruição e o caos entre as cidades de Moore e Newcastle, nos arredores de Oklahoma.

Um legista de Oklahoma City afirmou ao jornal The New York Times, na madrugada desta terça-feira, que ao menos 91 pessoas morreram durante a passagem do tornado. A emissora local KFOR-TV noticiou que ao menos 230 pessoas saíram feridas, de acordo com dados de autoridades. O número de mortos deve subir, pois as buscas por vítimas continuam.

Anteriormente, falava-se em 51 mortos. No entanto, Amy Elliott, representante das forças de resgate, afirmou que 40 outros corpos foram resgatados dos escombros de moradias e escolas no subúrbio de Moore. Entre os mortos estão pelo menos 20 crianças, a maioria com menos de 12 anos, disse Elliott. O tornado provocou danos graves numa escola primária e destruiu outra por completo. Até agora, somente uma das instalações registrou vítimas.

Verwüstungen nach Tornado in den USA Oklahoma

Tornado deixou uma faixa de três quilômetros de largura de destruição nos arredores de Oklahoma City

Rastro de destruição

O tornado deixou um rastro de destruição numa faixa de três quilômetros de largura nos arredores de Oklahoma City. Mais de 300 casas foram destruídas, afirmou a rede de TV CNN. De Washington, o presidente Barack Obama prometeu ajuda à região de catástrofe.

Obama declarou os condados de Cleveland, Lincoln, McClain e Pottawatomie como região de catástrofe. Assim, os moradores e negociantes afetados podem ter acesso a meios financeiros públicos para moradias de emergência e reconstrução, afirmou um comunicado da Casa Branca.

Emissoras de TV mostraram imagens de uma imensa coluna escura que destruía tudo que estava em seu caminho. Uma testemunha descreveu o caos provocado pela tormenta à emissora CNN: "Foi igual ao filme Twister". Uma mulher relatou que de sua casa só sobrou uma parede e que também seu carro foi arremessado pela tempestade.

Trajeto semelhante

Verwüstungen nach Tornado in den USA Oklahoma

Número de feridos e mortos pode aumentar, pois o resgate continua

O tornado devastou Moore com uma velocidade de mais de 300 quilômetros por hora. Por volta das 15h da segunda-feira (horário local), a coluna de ar atingiu o solo, somente 16 minutos depois que o alerta foi anunciado às localidades da região, afirmou uma porta-voz do Serviço Nacional de Meteorologia ao New York Times. Na região atingida falta água e a energia elétrica é fornecida somente por geradores.

Com a destruição da iluminação pública, os destroços ficaram no escuro, o que dificultou os trabalhos de resgate, relatou a emissora local KFOR-TV. A princípio, os moradores e ajudantes procuravam sobreviventes com lanternas.

Segundo as autoridades meteorológicas, o tornado atingiu a intensidade EF4 – a segunda mais elevada na escala Fujita, que vai até 5. Menos de 1% de todos os tornados alcançam velocidades acima de 320 quilômetros por hora.

O tornado desta segunda-feira reproduziu em parte o trajeto realizado por um fenômeno semelhante, em maio de 1999, que provocou a morte de mais de 40 pessoas, feriu centenas e destruiu milhares de casas em Oklahoma City.

CA/dpa/afp/lusa/ap

Leia mais