1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futurando!

Top 5 – Trens rápidos

Com velocidade superior a 250 km/h, os trens-bala se consolidam como alternativa de transporte rápido e seguro. De acordo com o Guiness Book, a maior velocidade já atingida por um trem foi de 581 km/h.

O Brasil ainda sonha com a primeira linha de trem de alta velocidade. Este tipo de transporte é considerado por especialistas uma alternativa para desafogar o trânsito nas metrópoles brasileiras.

Países da Europa e da Ásia aperfeiçoam cada vez mais esta tecnologia e apresentam inovações que surpreendem o mundo. Eles foram construídos para enfrentar os gargalos dos sistemas de transporte das grandes cidades. Consolidados como uma opção rápida e segura, os trens-bala hoje podem passar dos 250km/h.

De acordo com o Guiness Book, o livro dos recordes, a maior velocidade já atingida por um trem foi de 581 km/h pelo modelo MLX01, operado pela Companhia Central Ferroviária Japonesa. O registro foi feito em 2 de dezembro de 2003. Embora o Japão atualmente detenha o recorde mundial, é na China que fica o serviço mais rápido de passageiros em geral, com trens que chegam a 300 km/h.

Em trajetos de até 300 km, os trens de alta velocidade são mais competitivos do que os aviões, pois apesar da velocidade menor, o tempo de viagem é compensado pela agilidade no embarque e desembarque dos passageiros. Acima de 800 km de distância, o avião torna-se imbatível.

1. China

O país detentor do recorde mundial na categoria linha comercial mais rápida em operação é a China. O CRH380 viaja normalmente a uma velocidade de 380 km/h. Nos testes, ele chegou a 481 km/h. A proposta de construção de um trem de alta velocidade começou em 2001. Em fevereiro de 2008, os ministérios da Ciência e da Ferroviária na China assinaram um acordo sobre o desenvolvimento de soluções inovadoras de trens de alta velocidade. Os testes começaram em 2010 e marcam um esforço geral por parte do governo chinês para melhorar o transporte ferroviário e criar linhas exclusivas de alta velocidade – em parte, como demonstração de progresso tecnológico.

2. Japão

O Japão foi o pioneiro em 1964 com o Shinkansen, na rota entre Tóquio e Osaka, à velocidade de 210 km/h. Hoje, a linha é a de maior densidade de tráfego no mundo. O Shinkansen japonês é o mais antigo trem-bala. Sua área de influência inclui a maior metrópole global. Ele foi originalmente concebido para facilitar a viagem entre Tóquio e Osaka e reduzir o congestionamento no país densamente povoado. Recentemente, o Shinkansen foi melhorado para uma velocidade média de 300 km/h. O Japão detém o recorde de velocidade ferroviária graças à MLX01, ainda experimental, um trem de levitação magnética (Maglev), com velocidade máxima de 581 km/h.

3. Alemanha

O trem-bala alemão, chamado Intercity-Express (ICE), transporta diariamente mais de 250 mil pessoas em todo o território nacional e também para países vizinhos. Criado em 1991, o ICE opera hoje a uma velocidade máxima de 320 km/h e é considerado um dos melhores serviços de alta velocidade da Europa. Em 1999, a operadora alemã Deutsche Bahn lançou o ICE T, com uma tecnologia de inclinação nas curvas que permitiu um aumento de 30% na velocidade.

4. França

A linha pioneira do velho continente, entre Paris e Lyon, foi inaugurada em 1981. Com a abertura do TGV Sudeste, Lyon ficou a 2 horas de Paris, distância-chave para viagens de negócios. A velocidade da linha entre Lyon a Aix-en-Provence, na França pode chegar a 320 km/h. A topografia francesa é relativamente plana, o que facilita as vias do TGV francês: Train à Grande Vitesse, que em português significa trem de alta velocidade. Este fator, associado à utilização das vias convencionais dos trens urbanos, facilitou e barateou a implantação do TGV. Os custos de construção da linha entre Paris e Lyon foram de 7 milhões de dólares por quilômetro.

5. Coreia do Sul

KTX é a sigla para Korea Train Express. A tecnologia foi baseada nos sistemas de trem TGV / LGV da França, embora os sul-coreanos o tenham melhorado. Trata-se do primeiro trem-bala comercial coreano. Com uma velocidade máxima de 350 km/h, ele opera em torno de 300 km/h por motivo de segurança. O KTX foi desenvolvido pela Hyundai Rotem. Cerca de 160 mil pessoas utilizam o KTX diariamente.