1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futurando!

TOP 5 – Cinco tsunamis marcantes na história

No "Futurando" mostramos que já temos tecnologias de alerta de tsunamis. Mas maremotos já acontecem há mais de 2 mil anos. Conheça alguns deles.

1. O primeiro tsunami registrado

O historiador grego Tucídides em seu livro, História da Guerra do Peloponeso, descreveu o que teria sido o primeiro tsunami já registrado, em 426 a.C.. No relato, Tucídides explica o fenômeno como um terremoto marinho. Ele foi o primeiro a associar um tsunami com um terremoto. O livro descreve o desespero das pessoas buscando regiões altas para se salvar.

2. Lisboa (1755)

Mais de 60 mil pessoas morreram no maremoto que atingiu a costa portuguesa. A causa do tsunami foi um terremoto de 8,7 graus de magnitude. O fenômeno aconteceu no dia 1º de novembro, Dia de Todos os Santos. De acordo com o Instituto de Geofísica dos Estados Unidos, 250 mil pessoas estavam em igrejas naquele dia. E prédios inteiros desabaram sobre os habitantes. Um estudo da universidade norte-americana de Berkeley afirma que em algumas cidades portuguesas houve ondas de mais de 30 metros de altura.

3. Chile (1960)

De acordo com o Instituto de Geofísica dos Estados Unidos, no dia 22 de maio de 1960 aconteceu no Chile o maior terremoto da história mundial. O tremor atingiu 9,5 graus na escala Richter, sendo que o máximo da escala é 10 graus. O tsunami que se seguiu causou a morte de mais de 200 pessoas. Segundo informações do instituto, muitos moradores da costa tentaram escapar do terremoto em barcos, mas foram atingidos pelo tsunami, que veio 15 minutos depois do tremor.

4. Sudeste asiático (2004)

No dia 26 de dezembro de 2004, um poderoso tsunami devastou o sudeste asiático. O tsunami foi provocado pelo terremoto de maior magnitude dos últimos 40 anos, que atingiu 9,3 graus na escala Richter. O epicentro foi localizado na ilha de Sumatra, na Indonésia. Na Tailândia foram registradas ondas de até 10 metros de altura e, na província indonésia de Aceh, a água chegou a mais de 30 metros.

O tsunami causou a morte de 220 mil pessoas e mais de 5 milhões de pessoas ficaram desabrigadas. As ondas gigantes atingiram oito países asiáticos e os efeitos chegaram a ser percebidos na costa da África, a centenas de quilômetros de distância. Antes do maremoto, muitos animais foram vistos migrando para outras regiões.

Terremoto no Japão causou o tsunami e uma catástrofe nuclear

Terremoto no Japão causou o tsunami e uma catástrofe nuclear

5.   Japão (2011)

O dia 11 de março de 2001 foi marcado por um forte terremoto, que provocou um violento tsunami no Japão. O tremor teve magnitude de 8,9 graus na escala Richter. As ondas gigantes atingiram mais de 10 metros de altura. O terremoto foi seguido por 50 réplicas, algumas com magnitude superior a 6 graus.

O Japão está situado no chamado "anel de fogo" do Oceano Pacífico, uma região onde estão localizados diversos vulcões e onde ocorrem 90% dos abalos sísmicos do mundo. O tsunami devastou a costa de Sendai no nordeste do Japão. Associado ao terremoto também houve o  vazamento de material radioativo na usina nuclear de Fukushima.