1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futurando!

Top 5 – Cinco sistemas operacionais para celular

Na hora de comprar um telefone celular, não basta entender a ficha técnica do aparelho. Muitas vezes, é o sistema operacional que faz a diferença.

A tecnologia transformou os celulares em pequenos computadores. Os aparelhos modernos, chamados de smartphones, têm uma capacidade de processamento maior do que os computadores que levaram o homem à Lua a bordo da Apollo 11, em 1969. Novos modelos surgem a cada dia no mercado, e as empresas travam uma verdadeira batalha para patentear novas funcionalidades e recursos.

Mas a discussão não termina na esfera judicial. Os próprios consumidores têm suas preferências e costumam defender com veemência os modelos favoritos. Mas a escolha de um smartphone não se resume ao aparelho. O sistema operacional é o que distingue modelos ou mesmo marcas. É preciso entender esse mercado para fazer a compra certa. Confira então os mais populares sistemas operacionais para celular.

5. Symbian

Embora o sistema operacional criado pela empresa Symbian e popularizado especialmente pela Nokia tenha sido descontinuado em janeiro deste ano, o software ocupou um papel de destaque no mercado dos telefones por pelo menos dez anos. Motorola, Sony Ericsson, Samsung e LG lançaram celulares rodando o sistema, que chegou a abocanhar 65% do mercado na metade de 2007. O Symbian foi uma das mais potentes plataformas por trás da integração de câmera e telefone, mas perdeu mercado com o advento das telas sensíveis ao toque. Em 2011, a Nokia começou a vender telefones com o sistema Windows, reduzindo a presença do Symbian no mercado a menos de 1% no final de 2012. Apesar disso, a manutenção do sistema está garantida até 2016.

4. Windows Phone

A gigante dos computadores não conseguiu repetir o sucesso de mercado nas pequenas telas dos celulares. Até o final do ano passado, somava apenas 4% dos sistemas operacionais usados por telefones norte-americanos, mas já figurava com 19% da fatia europeia dos smartphones. Mesmo assim, ainda está longe de competir diretamente com a Apple ou o Android, líderes do mercado. No Brasil, aparelhos da Nokia, Samsung e HTC estão disponíveis com o Windows Phone. O sistema operacional é focado na atualização constante de aplicativos conectados a redes sociais e integra o aparelho aos computadores com o sistema operacional da empresa.

3. BlackBerry

O sistema operacional BlackBerry serve de base para os celulares da mesma marca desde 1999 e tem uma diversidade de recursos que, ao longo do tempo, foram adaptados a diferentes formas de controle do aparelho. Os novos modelos abandonaram o teclado físico e seguem a tendência de telas sensíveis ao toque. Além disso, a versão mais recente do sistema operacional permite a criação de múltiplos perfis no aparelho, o que garante ao usuário a chance de separar as atividades profissionais e pessoais no mesmo celular.

2. iOS

Em 2007 a Apple lançou o primeiro iPhone e inaugurou uma nova era no mercado dos aparelhos celulares. A primeira versão do programa já incluía funcionalidades como e-mail, navegador e mesmo player para vídeos. Mas era bem diferente das versões mais recentes que movem o iPhone 5. Desde o primeiro lançamento, os aparelhos da marca usam o sistema de telas sensíveis ao toque para celular, o que ditou a tendência do mercado nos anos seguintes. Como um sistema dedicado, o iOS é talhado para as funções de um modelo específico de hardware e explora suas potencialidades ao máximo. No último trimestre de 2012, 21% dos novos celulares vendidos no mundo rodavam iOS, ou seja, eram iPhones da quarta ou quinta geração.

1. Android

O sistema operacional desenvolvido pela Google domina soberano o mercado mundial de telefones. Atualmente, 70,1% de todos os novos aparelhos vendidos rodam alguma versão do Android. Marcas e modelos são os mais variados. De aparelhos potentes como Samsung Galaxy S3, que rivaliza diretamente com o iPhone 5, a modelos mais baratos, que servem como porta de entrada para o universo dos smartphones. Até o final do ano passado, mais de 500 milhões de aparelhos no mundo já usavam o sistema operacional da Google. Aplicativos para Android surgem em profusão no mercado, e muitos Apps pagos para usuários do iPhone chegam aos telefones do robozinho de graça.