Tiroteio em ônibus militar dos EUA faz vítimas no Aeroporto de Frankfurt | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 02.03.2011
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Tiroteio em ônibus militar dos EUA faz vítimas no Aeroporto de Frankfurt

Segundo autoridades, responsável por dois mortos e dois feridos graves é kosovar de 21 anos. Motivação do ato ainda desconhecida. Ônibus levava, de volta às suas bases, soldados que retornavam dos Estados Unidos.

default

Dois mortos e dois feridos no Terminal 2 do Aeroporto Internacional de Frankfurt

Duas pessoas foram mortas e outras duas ficaram gravemente feridas à bala num ônibus militar norte-americano, nesta quarta-feira (02/03), no Aeroporto Internacional de Frankfurt. As vítimas são todas integrantes das Forças Armadas dos Estados Unidos.

O incidente ocorreu por volta das 15h20 (hora local), na pista de ônibus diante do Terminal 2 do Aeroporto de Frankfurt. A polícia prendeu o presumível assassino, o qual, segundo o secretário do Interior do estado de Hessen, Boris Rhein, é um jovem do Kosovo, de 21 anos.

Dados conflitantes

Os primeiros registros mencionavam uma briga dentro do ônibus. Entretanto, consta que o rapaz primeiro disparou sua pistola contra um soldado do lado de fora do veículo, para depois matar o motorista, ainda atrás do volante. As demais vítimas foram feridas na cabeça e no peito, respectivamente. Em seguida, o assassino correu para dentro do terminal, onde foi preso.

Não há informações sobre os motivos do ato, e Rhein ressaltou que "no momento não se pode excluir nenhuma possibilidade". Porém tanto ele quanto o porta-voz da polícia adiantaram não haver qualquer indício apontando para um atentado terrorista.

O veículo em questão preparava-se para levar os soldados estadunidenses à Base Aérea de Ramstein, na Renânia-Palatinado. A polícia interditou o local do crime. Segundo a administração do aeroporto internacional, o fluxo de voos não será afetado.

Av/ap/dpa/rtr
Revisão: Carlos Albuquerque